Notícias

Fortes chuvas causam duas mortes e deixam 10 mil fora de casa em Alagoas

30 Mai 2022 - 16h50 | Atulizado em 30 Mai 2022 - 16h50
Fortes chuvas causam duas mortes e deixam 10 mil fora de casa em Alagoas

Em Alagoas, duas pessoas morreram e mais de dez mil pessoas estão desalojadas devido às fortes chuvas que ocorrem desde a semana passada em diversas áreas do estado, principalmente na zona da mata e no litoral.

O governador Paulo Dantas (MDB) decretou emergência por 180 dias em 33 municípios na última quinta-feira (26). 

Conforme o boletim da Defesa Civil, até a noite de domingo (29), 10.119 pessoas estão fora de casa, sendo 8.017 desalojadas e 2.102 desabrigadas.

O Corpo de Bombeiros relatou cerca de 60 ocorrências diretamente ligadas às chuvas elevadas. Ainda segundo a instituição, mais de 190 pessoas foram socorridas em quatro dias.

O município que está sofrendo mais por conta das fortes chuvas é São Miguel dos Campos, na zona da mata, onde 3.829 pessoas foram atingidas. Em Maceió, 574 pessoas estão desalojadas ou desabrigadas. Em Rio Largo, município próximo à capital, 3.504 pessoas também foram atingidas.


O Governador Paulo Dantas ouve morador em Feliz Deserto (AL). (Reprodução/Governo de Alagoas)


Nesta segunda-feira (30), as chuvas voltaram a cair em diversas áreas do estado, inclusive em Maceió, onde ocorreram alguns alagamentos.

No município de Coruripe, uma barreira deslizou e o Corpo de Bombeiros foi acionado para realizar o resgate de duas pessoas soterradas.

Já em Paripueira, no litoral norte do estado, os bombeiros resgataram um homem após ficar ilhado em sua casa.

De acordo com boletim emitido hoje pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), é considerada “alta a possibilidade de ocorrência de alagamentos e inundações urbanas na mesorregião do Leste Alagoano, devido ao acumulado de chuva nos últimos dias nas bacias hidrográficas e à previsão de novas pancadas de chuva ao longo do dia".

Na manhã de hoje, o governo do estado de Alagoas postou em suas redes sociais um pedido de reforço da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros para o acompanhamento das chuvas nas cidades atingidas pelas chuvas no estado. Vale lembrar que, em caso de emergência, o telefone do Corpo de Bombeiros é 193.

 

Foto destaque: O estrago causado pelas chuvas em Alagoas. Reprodução: Thiago Sampaio/Portal Oficial do Governo do Estado de Alagoas

Mais Lidas