Celebridades

Free Britney: Cantora posa nua no Instagram após suspensão de tutela

01 Out 2021 - 15h00 | Atulizado em 01 Out 2021 - 15h00
Free Britney: Cantora posa nua no Instagram após suspensão de tutela

Na última quinta-feira (30), Britney Spears posou nua para seus seguidores no Instagram após suspensão da tutela controlada pelo pai, Jamie Spears. A cantora resolveu celebrar sua liberdade de forma inusitada em viagem paradisíaca.


 


 

“Se divertir no pacífico nunca machucou ninguém”, escreveu ela.

https://inmagazine.com.br/post/Jojo-Todynho-encontra-Caua-Reymond-na-Franca

https://inmagazine.com.br/post/Nicki-Minaj-fica-de-fora-de-festa-de-gravadora-e-manda-mensagem-ironica

https://inmagazine.com.br/post/Shakira-e-atacada-por-javalis-em-Barcelona

Fãs e amigos da cantora também celebraram sua liberdad; a amiga de longa data Paris Hilton comentou: “Amo vê-la tão feliz e livre! Você merece, amo você B”.

A princesa do pop também surgiu pilotando um avião no dia da decisão da juíza Brenda Penny.

“Estou nas nuvens”, escreveu.

Na última quarta-feira (29), Britney conquistou na justiça o fim da tutela abusiva que a controlava desde 2008, quando passou por momentos extremamente delicados na carreira e na vida pessoal. A tutela a impedia de tomar suas próprias decisões em seus shows, direitos autorias e até em sua escolha de uso de contraceptivos.

Após desistência do pai ao cargo, a suspensão que ocorreria em janeiro foi adiada pela justiça da Califórnia após a cantora expressar a vontade de assinar um acordo pré-nupcial com seu namorado, o modelo Sam Asghari, com quem está desde 2016 e ficou noiva este mês.

O processo ainda não chegou ao fim, o pai da cantora será substituído por John Zabel, um consultor financeiro da California.

Após o longo apelo através do movimento "Free Britney", que movimentou fãs e até celebridades como Kim Kardashian, Cher, Mariah Carey, Halsey e até o ex-namorado da loira, Justin Timberlake.

Spears finalmente está conseguindo expressar sua liberdade e segue viajando com o namorado.

(Foto Destaque: Reprodução/Reuters)