Esportes

Gabigol, Jogador do Flamengo, se manifesta após agressões: “Jamais aceitarei agressões, falta de respeito e xingamentos”

28 Out 2021 - 20h00 | Atulizado em 28 Out 2021 - 20h00
Gabigol, Jogador do Flamengo, se manifesta após agressões: “Jamais aceitarei agressões, falta de respeito e xingamentos”

 Nesta quinta-feira (28) Gabriel Barbosa, atacante do Flamengo, utilizou das suas redes sociais para se pronunciar sobre o comportamento de um grupo de torcedores que, para ele, não representam a nação Rubro-negra. O jogador foi atingido por um copo de Cerveja quando estava saindo de campo.

 

“Deixei o campo chateado com a derrota, revoltado por não conseguir ajudar meu Flamengo e me deparei com uma cena que jamais imaginei que passaria: ser agredido com um copo, que voou em minha direção por torcedores que certamente não representam nossa Nação!!”, disse o centroavante em um trecho da nota. 


 

Gabigol em campo pelo Flamengo. (Foto: Reprodução/O Futebolero Brasil)

 

Segundo o jogador, é hora de ter calma e não agir com emoção. Na partida desta quarta-feira, a torcida gritou, em tom irônico, pelo nome do ex-treinador da equipe Jorge Jesus para provocar Renato Gaúcho.

 

 

LEIA MAIS


https://inmagazine.com.br/post/Superliga-Feminina-Torneio-tem-inicio-nesta-quinta-com-apenas-20-do-publico-nas-arquibancadas


https://inmagazine.com.br/post/Time-Californiano-cai-em-casa-e-perde-para-os-Cavs-por-92-a-79


https://inmagazine.com.br/post/Athletico-carimba-vaga-na-final-em-noite-magica-no-Maracana

 

 

"Isso é com a diretoria. Tem que jogar, melhorar. Continuar se dedicando. A gente sempre quer mais, já mostramos isso. Não é uma derrota que vai jogar tudo para o alto. Tem que ter calma, não agir com emoção", salientou o craque em outro trecho da entrevista. 

 

A nota oficial do Gabriel Barbosa: 

"Após algumas horas de reflexão, resolvi vir a público falar dos acontecimentos da noite de ontem (27) no Maracanã. Não foi um dia para celebrar, não só pela eliminação de um torneio que queríamos muito conquistar e tenho certeza que todo elenco está chateado com o resultado, mas ciente de que podemos dar a volta por cima e almejar novas conquistas!. 

Isso é o futebol, e sei que no Flamengo temos de vencer e queremos vencer sempre, sempre com respeito e dedicação à instituição que defendemos. Mas JAMAIS aceitarei agressões, falta de respeito e xingamentos, principalmente aos meus familiares, que tanto se dedicaram para que eu pudesse estar aqui hoje. 

À Nação, sei da história linda que construímos ao longo destes anos todos. Vocês me motivam, me impulsionam a ser melhor a cada dia. Como disse uma vez, quebramos barreiras juntos e isso está no meu coração! 

Deixei o campo chateado com a derrota, revoltado por não conseguir ajudar meu Flamengo e me deparei com uma cena que jamais imaginei que passaria: ser agredido com um copo, que voou em minha direção por torcedores que certamente não representam nossa Nação!! 

Minha vida é o futebol, minha vida é minha família e a eles protegerei sempre!! Estão sempre nos jogos torcendo, incentivando e cuidando de mim! Não vou tolerar, em hipótese alguma, que eles sejam alvo de agressões, de ofensas e xingamentos! 

Os acontecimentos de ontem me entristecem demais, mas tenho a certeza de que saíremos ainda mais fortalecidos. O futebol é alegria, é respeito, é empatia, é RESPONSABILIDADE!! Que cada um possa refletir sobre os atos e com eles evoluam para termos um Maracanã como ele deve ser!!!" 

 
 

No estacionamento do estádio, a mãe do atacante, Lindalva Barbosa, foi hostilizada por torcedores quando se preparava para deixar o local. 

Mais Lidas