Esportes

Gabigol chega ao gol 99 em partida polêmica

03 Nov 2021 - 14h16 | Atulizado em 03 Nov 2021 - 14h16
Gabigol chega ao gol 99 em partida polêmica

A partida entre Athletico Paranaense e Flamengo terminou com uma discussão na entrada do vestiário da Arena da Baixada. O atacante Gabriel Barbosa o Gabigol, discutiu com o presidente do Conselho Administrativo e atual CEO do clube paranaense, Mario Celso Petraglia.

Perto do 100º gol com a camisa do Flamengo, Gabigol vem tendo sua maior média da carreira. Nessa terça-feira o camisa 9 marcou duas vezes no confronto contra o Athletico Paranaense na Arena da Baixada em Curitiba.


Gabigol comemorando gol contra o Athletico Paranaense na Arena da Baixada. (Foto:Reprodução/Twitter)


Gabigol colocou fim em um jejum de nove partidas sem marcar gols pelo Flamengo, e atingiu a marca de 99 gols com a camisa do Rubro-negro carioca desde sua chegada. Mesmo com frequentes convocações e lesões, o atacante já soma mais gols nesta temporada do que na última em 2020. Foram 29 gols anotados na temporada, dois a mais que na última e com um jogo a menos.

https://inmagazine.ig.com.br/post/Agueero-sofre-arritmia-cardiaca-e-pode-ficar-3-meses-afastado

https://inmagazine.ig.com.br/post/Westbrook-diz-nao-entrar-em-panico-com-inicio-ruim-nos-Lakers

https://inmagazine.ig.com.br/post/Rosangela-Santos-medalhista-em-Pequim-e-dispensada-do-Pinheiros-e-vira-motorista-de-aplicativo

Apesar da sequência sem marcar, Gabigol tem sua maior média na carreira, seu aproveitamento é de 0,78 gols por partida, superando até mesmo a temporada de ouro de 2019, quando bateu seu recorde pessoa ao fazer 43 gols em 59 partidas.

Ainda no aquecimento, Gabigol entregou sua camisa a uma torcedora do Furacão, a adolescente pediu a camisa como presente de aniversário de 15 anos, e o atacante simpaticamente distribuiu.


 


Após o apito inicial, a partida começou pegando fogo, os ânimos estavam a flor da pele, e os jogadores não aliviaram nas divididas. O clima esquentou ainda mais ao final da partida, Gabigol começou uma conversa com o lateral Marcinho do Athletico e o técnico Alberto Valentim tentou separados os jogadores e se entranhou com o atacante flamenguista.

A discussão se alastrou até a porta dos vestiários, nesse momento os dirigentes do Furacão se envolveram na confusão, as câmeras flagraram Petraglia batendo boca com Gabigol, na sequência, o volante Willian Arão tentou acalmar os ânimos. A partida terminou empatada em 2 a 2, o Furacão empatou a partida nos minutos finais, com Bissoli.

Foto destaque: Gabigol comemora na frente da torcida do Furacão. Reprodução/Twitter.