Celebridades

Gloria Perez relembra o assassinato de sua filha Daniella Perez

28 Dez 2021 - 15h00 | Atulizado em 28 Dez 2021 - 15h00
Gloria Perez relembra o assassinato de sua filha Daniella Perez

Daniella foi brutalmente assassinada em 1992, por Guilherme de Pádua, seu par romântico na novela De Corpo e Alma, e por sua companheira Paula Nogueira Thomaz.

O corpo da atriz de 22 anos, foi encontrado num matagal, na Barra da Tijuca com 18 golpes de punhal. A motivação do crime foi por Guilherme achar que ela estava roubando seu tempo de cena, e o seu personagem estava sendo esquecido. O casal de assassinos se separam ainda na cadeia, por um jogar a culpa no outro, ambos foram presos em 1993 e soltos em 1999, com apenas 7 anos de pena.

A morte da atriz, completou ontem 29 anos e seus amigos e familiares a homenagearam, e relembraram a vida de Daniella.

Glória Perez publicou algumas fotos ao lado de sua filha ainda criança, e lamentou pelos assassinatos terem penas tão curtas, diante da monstruosidade que cometeram. "28-12-1992 O tempo não ameniza nada. Nem a dor, nem a revolta pela impunidade dos assassinos. Sim, psicopatas não são figuras da ficção, eles estão entre nós. E ganância mata."


Daniella Perez (Foto: Reprodução/Globo)


A atriz Cristiana Oliveira que também protagonizou a novela com Daniella, usou de seu Instagram para falar da amiga. "Menina, minha irmãzinha. Até hoje não entendo, nem nunca vou entender porque tiraram você de nós. Tão estranho, tão louco, tão surreal. Minha amiga linda, minha confidente, linda na sua doçura, na sua solidariedade, colega incrível! Quantos momentos, eu, na minha primeira novela na Tv Globo, morrendo de medo, insegura, e você ali, me incentivando, contestando quando alguém falava que eu era inexperiente e não deveria estar ali… Dani, tenho saudades demais de você, sempre vou sentir. Apenas Gloria Perez, Fabio Assunção e eu sabemos o que foi aquele momento. Gloria, amo você. Estarei sempre contigo. Vinte e nove anos hoje. Amo você, Daniella. Sempre e pra sempre."

A HBO Max está produzindo uma série documental sobre o assassinato de Daniella, nela terá depoimentos da mãe da artista, de amigos como Roberto Carlos, Fábio Assunção e Claudia Raia, e Raul Gazolla. O lançamento está previsto para o próximo ano, e o crime será contado através da perspectiva da Glória. "Essa série trata de tópicos importantes como feminicídio, a culpabilização da vítima, do circo midiático, dos detalhes do crime, mas, sobretudo, conta a história da luta de uma mãe, que mesmo depois de 30 anos, continua lutando como uma leoa”, contou a diretora Tatiana Issa.

 

Foto Destaque: Daniela e Glória Perez.

Reprodução/Instagram