Esportes

Goleiro do Santos se revolta com arbitragem em clássico

03 Mai 2022 - 09h48 | Atulizado em 03 Mai 2022 - 09h48
Goleiro do Santos se revolta com arbitragem em clássico

Após a derrota por 2 a 1 para o São Paulo, na segunda-feira (2), no estádio do Morumbi, a equipe do Santos reclamou de forma calorosa sobre a atuação do árbitro Leandro Pedro Vuaden. Para o goleiro João Paulo, o lateral que originou a jogada que terminou em pênalti para o tricolor pertencia ao Peixe.

Aos 32 minutos do 2° tempo, a bola saiu pela lateral depois do Alisson (meio-campo do São Paulo) tentar desarmar o atacante Marcos Leonardo. O jogador são paulino cobra rapidamente o lateral, pegando a defesa do Santos desarrumada, cruzando logo em sequência; a bola pega na mão do meio-campista Rodrigo Fernández – o árbitro assinala pênalti.

Na saída de campo, o capitão da equipe santista disparou contra a arbitragem:

‘’Do nosso time não faltou nada. Fizemos o que nos propusemos durante o jogo. Só que infelizmente, mais uma vez, a arbitragem vem prejudicando nosso time. A pergunta que fica é: até quando? Ninguém faz nada? Essa é a pergunta porque, tudo bem, foi pênalti, a bola pegou na mão, é indiscustível. O problema é que o árbitro marca lateral para o nosso time, meu time todo saindo para cobrar lateral. Aí, do nada, o jogador do São Paulo pega a bola na mão e o árbitro muda o lance? Essa é a nossa indiganção’’, disse o arqueiro.


Lance que originou o pênalti (Foto: ESPN)


O resultado quebra a invencibilidade do Santos no Campeonato Brasileiro e joga a equipe para a sexta colocação, com 7 sete pontos. A próxima partida da equipe alvinegra é contra a Universidad Católica, no Equador. Os times se enfretam na próxima quinta-feira (5), às 21h30, no estádio Olímpico Atahualpa, pela Copa Sul-Americana.

 

FICHA TÉCNICA

São Paulo 2 x 1 Santos

Local: Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi)

Árbitro: Leandro Pedro Vueden (RS)

Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)

Gols: Calleri (9’/1°T) e Luciano (35’/2°T) – São Paulo; Marcos Leonardo (45’/1°T) - Santos

Cartões amarelos: Rafinha e Alisson (São Paulo); Marco Leonardo, Madson, Bustos e Rodrigo Fernández (Santos).

 

Escalações

São Paulo: Jandrei; Rafinha (Igor Vínicius, aos 90’/2°T), Diego Costa, Arboleda e Welington; Andrés (Luciano, aos 62’/2°T), Patrick (Alisson, aos 46’/2°T), Igor Gomes, Rodrigo Nestor (Pablo Maia, aos 83’/2°T); Eder (Marquinhos, aos 62’/2°T) e Calleri.

Técnico: Charles Hembert

 

Santos: João Paulo; Madson, Maicon, Velázquez e Lucas Pires; Rodrigo Fernández, Zanocelo (Angulo, aos) e Felipe Jonatan (Lucas Braga, aos 60’/2°T); Jhojan Julio (Wilian Maranhão, aos 60’/2°T), Léo Baptistão (Goulart, aos 72’/2°T) e Marcos Leonardo.

Técnico: Fabián Bustos

 

 

Foto em destaque: Marcos Ribolli

Mais Lidas