Notícias

Governo reconhece situação de emergência em 14 municípios de Pernambuco por causa das chuvas

30 Mai 2022 - 15h00 | Atulizado em 30 Mai 2022 - 15h00
Governo reconhece situação de emergência em 14 municípios de Pernambuco por causa das chuvas

O Governo Federal reconheceu, nesta segunda-feira (30), a situação de emergência em municípios que foram atingidos pelas chuvas intensas no estado de Pernambuco. Por enquanto, 91 mortes já foram confirmadas e 26 pessoas estão desaparecidas. 

Os 14 municípios divulgados pelo Diário Oficial da União são: Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Goiana, Jaboatão dos Guararapes, Macaparana, Moreno, Nazaré da Mata, Olinda, Paudalho, Paulista, São José da Coroa Grande, São Vicente Férrer, Timbaúba e a capital Recife. 

Segundo o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), nove municípios da região metropolitana do Recife ainda estão em alerta devido ao risco muito alto para chuvas e deslizamentos. 

Assistência financeira 

Entre as medidas de ajuda anunciadas pelo Governo Federal hoje, segunda-feira (30), estão o envio de recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional para os municípios que já decretaram situação de emergência ou calamidade pública. Além da liberação de empréstimos do BPC (Benefício de Prestação Continuada) sem juros. 

Os primeiros recursos devem atender às principais demandas deste momento, como kits de higiene, limpeza, colchões, cestas básicas, combustível e alimentação para equipes de resgate. 


(Foto: Reprodução/Ministério do Turismo)


Chuvas em Pernambuco 

As chuvas em Pernambuco seguem intensas desde terça-feira (24). A primeira morte foi confirmada na quarta-feira (25) e o número de desabrigados que até ontem, domingo (29), era de 3,9 mil subiu para 5 mil hoje, segunda-feira (30), principalmente na Região Metropolitana do Recife e na Zona da Mata.  

As fortes tempestades também causaram transtornos no trânsito, em terminais rodoviários e no abastecimento de água e energia elétrica. 

Nesta manhã, o presidente Jair Bolsonaro (PL) sobrevoou locais afetados pelas chuvas na Grande Recife. Junto de ministros, ele lamentou o cenário e ainda criticou a ausência do governador Paulo Câmara (PSB) durante o ato. 

 Foto destaque: Reprodução/Flor de Maracujá/Instagram