Esportes

Guardiola diz que “todos apoiam o Liverpool” na PL e provoca: ‘Venceram 1 em 30 anos’; Klopp responde à altura

09 Mai 2022 - 20h37 | Atulizado em 09 Mai 2022 - 20h37
Guardiola diz que “todos apoiam o Liverpool” na PL e provoca: ‘Venceram 1 em 30 anos’; Klopp responde à altura

A Premier League, o nome oficial do Campeonato Inglês, nos últimos anos tem sido uma disputada acirrada entre Manchester City e Liverpool – os únicos times a levantarem o caneco desde a temporada 2016/17 em que, na ocasião, foi vencida pelo Chelsea - do que muitos é apontado como a melhor liga nacional do mundo.  

Nesta atual temporada (2021/22), ainda em andamento e na reta final, os times seguem na briga rodada à rodada para ver quem ficará com o título. Após 35 jogos realizados por cada, a equipe azul de Manchester é a atual líder com 86 pontos, sendo: 27 vitórias, 5 empates e 3 derrotas e 68 gols de saldo pró (89 x 21). Enquanto, os Reds da cidade dos Beatles, vem logo na sequência, em 2º lugar com somente 3 pontos a menos – 83 pontos divididos em 25 vitórias, 8 empates e 2 derrotas; 64 de saldo a favor (87 x 23).

Ambos integrantes do chamado Big Six e com a rivalidade crescente e cada vez mais evidente, ano após ano e competições após competições é de se imaginar que o clima nos bastidores é on fire. Pois é, está certo!

Neste final de semana, já na 36ª e antepenúltima rodada, após a goleada do time comandado por Pep Guardiola sob o Newcastle, em casa por 5 a 0 e o empate da equipe de Jürgen Klopp contra o Tottenham (1 x 1) e também jogando em casa, o técnico catalão resolveu provocar os rivais na luta pelo título inglês. O treinador dos Citizens disse que o concorrente direito é o favorito da maioria na Inglaterra e no Mundo pelo fato de só terem vencido uma vez a Premier League, considerando este atual formato – em vigor desde 1992/93; a conquista, vale lembrar, aconteceu recentemente na temporada 2019/20.

As pessoas querem que o Liverpool ganhe mais do que nós. Eles têm mais fãs ao redor do mundo e na Inglaterra eles torcem mais para o Liverpool do que para nós. Porque o Liverpool tem uma história incrível nas competições europeias. Não na Premier League, porque eles venceram uma em trinta anos”, provocou em entrevista concedida à beIN Sports.


Jürgen Klopp no comando do Liverpool FC. (Foto: Reprodução/GE)


O técnico alemão, por sua vez, não deixou barato, mas procurou brincar com o assunto e não deixou de devolver com algumas ironias. Em resposta, declarou: “Aqui em Liverpool há muitas pessoas que querem que nós ganhemos a liga, mas mesmo aqui são só 50% (em referência aos torcedores do rival local, Everton). Como técnicos, claro que fomos influenciados pelos jogos e circunstâncias. Não sei como está o Pep [Guardiola] depois de ser eliminado da Champions League, e o Liverpool chegou na final. Não tenho ideia se o país está nos apoiando. Não é o sentimento que eu tenho quando vamos jogar em outros lugares. Na verdade, é bem o oposto disso, mas talvez ele saiba mais do que eu”, comentou em entrevista coletiva nesta segunda-feira (6).

Os próximos compromissos de Liverpool e Manchester City são respectivamente: contra Aston Villa fora de casa, no Villa Park, em Birmingham já nesta terça-feira (10) às 16h (horário de Brasília) e, no dia seguinte (quarta-feira, 11), o Wolverhampton, na cidade de mesmo nome - Molineux Stadium em partida adiada da 33ª rodada, às 16h15, também no horário de Brasília. Agora é seguir acompanhando e aguardar os capítulos finais para ver quem termina com sorriso no rosto e mais um troféu na galeria, sua (pessoal) e do clube.

 

Foto Destaque: Pep Guardiola no comando do Manchester City FC. (Foto: Reprodução/GE)