Notícias

Guerra na Ucrânia: Russos tem "sucesso parcial" na região de Donestsk

28 Jul 2022 - 14h00 | Atulizado em 28 Jul 2022 - 14h00
Guerra na Ucrânia: Russos tem

Nesta quinta-feira (28), em uma atualização operacional, o Estado- Maior do Exército ucraniano disse que o exército russo estava tentando avançar em direção a Bakhmurt pelo sul e leste.  

De acordo com o Estado- Maior as forças russas avançaram na região de Donestk. As áreas ao sul da cidade de Bakhmurt foram bombardeadas por várias semanas, segundo os militares ucranianos.


Bombeiros combatem um incêndio após o bombardeio russo de uma casa em Bakhmut, na Ucrânia, em 27 de julho. Foto: (Diego Herrera Carcedo/Agência Anadolu/Getty Images)


Na direção de Vidrodzhennia-Vershyna os russos tiveram “sucesso parcial”, e ao sudeste do assentamento de Vershyana os militares estavam em trincheiras.

Vale ressaltar que, Vershyna fica a cerca de 10 km a sudeste de Bakhmut. Uma usina adjacente e uma aldeia vizinha de Novoluhankse foram tomadas pelos russos no início desta semana.

Ainda segundo a atualização, o Estado-Maior também disse que os ataques de quatro direções diferentes em direção a Bakhmurt foram bloqueados pelo posicionamento estrategico militar tomado pelas forças ucranianas.

A Rússia continua usando uma grande variedade de armas nas linhas de frente em Donestk como fogo de tanques, ataques aéreos e artilharia terrestre.

O exército ucraniano está contando com a ajuda de drones para estabelecer as posições das tropas, enquanto a atilharia russa continua disparando contras os assentamentos ao redor da cidade de Kharkiv, no nordeste do país.

Ao norte de Sloviansk, com o objetivo de derrubar as defesas ucranianas, os russos atingiram vários assentamentos, mas dois desses avançados tentados na quarta-feira foram repelidos, disse o órgão.

De acordo com as avaliações feitas pelo o Estado – Maior do exército ucraniano, a Rússia tentava concentrar os principais esforços em “estabelecer controle total sobre os territórios de Luhansk e Donetsk” e manter a região capturada do sul de Kherson e partes de Kharkiv, Zaporizhzhia e Mykolayiv.

A Rússia também estava bloqueando as comunicações marítimas da Ucrânia no Mar Negro, tentando afetar o desempenho dos soldados na defesa da região.

Foto destaque. Bandeira ucraniana no meio de destroços. Reprodução/Agência Brasil.