BBB

Gustavo dispara para Eslovênia que ela e seu grupo não tiveram empatia por Laís

03 Mar 2022 - 10h07 | Atulizado em 03 Mar 2022 - 10h07
Gustavo dispara para Eslovênia que ela e seu grupo não tiveram empatia por Laís

Gustavo e Eslovênia protagonizaram um desentendimento sobre Laís na festa do Líder que rolou na última quarta feira (02), o brother bateu na tecla de que faltou empatia para Eslovênia e seu grupo ao lidarem com a situação na fila para a psicóloga.

Sempre que alguma situação pesada ou adversa acontece no BBB, os participantes são incentivados a conversarem no confessionário com uma psicóloga, eles não a veêm mas escutam a sua voz. Na última vez que isso aconteceu foi logo após a saída de Larissa, que entrou depois no programa porque estava confinada na casa de vidro.


Gustavo argumentando com Eslovênia em festa. (Foto: Reprodução/Gshow)


Durante a festa, em conversa com Eslovênia sobre o acontecimento Gustavo dispara "Como eu tenho muita empatia, a dor do outro é sempre maior que a minha", Eslovênia no mesmo momento diz que ‘’Empatia também é respeitar o momento do outro’’ acrescentando que a fila para a psicóloga é sempre respeitada pela ordem.

Gustavo continua e reitera "Se no dia eu ver que tem alguém precisando mais, eu vou falar pode passar na minha frente, entendeu? Esse tato que eu não senti de vocês… De todo mundo, vocês no plural. Que são os melhores amigos dela, viram que ela estava mal, sabiam que ela ia para o Almoço do Líder... Não achei legal vocês não terem essa empatia de deixar ela passar na frente. Não achei legal", confessa o brother, que defende Laís com unhas e dentes por ter uma relação amorosa com a sister.


Eslovênia e Gustavo durante a festa. (Foto: Reprodução/Gshow)


Por fim, a modelo e miss Pernambucana conclui seu pensamento sobre a questão: "Para mim aqui dentro, todo mundo tem esse momento e eu respeito. Eu estava mal para caramba, ela estava mal para caramba, Vini, Eli, Jade chorou horrores ontem a noite. É um sistema, é uma fila…" . Dá pra ver a sister encara a situação de forma diferente, não como falta de empatia, mas como algo rotineiro e normal, mesmo Laís tendo que esperar mais, ela foi atendida da mesma forma e com a mesma eficácia com relação aos brothers que foram atendidos antes. Gustavo acaba com o assunto mantendo sua posição do início, insistindo que a atitude de todos foi motivada por falta de empatia.

Foto destaque: Montagem de Gustavo com Laís e Eslovênia ao lado. Reprodução/Em OFF.

Mais Lidas