Esportes

Hamilton revela ter sofrido bullying na infância e nas pistas

24 Nov 2021 - 18h00 | Atulizado em 24 Nov 2021 - 18h00
Hamilton revela ter sofrido bullying na infância e nas pistas

O piloto Lewis Hamilton, revelou em entrevista ter sofrido bullying em sua infância e nas pistas. O piloto afirma que foi ensinado pelo pai a responder ofensas na pista e explicou o motivo de tirar o pé e evitar batidas em disputadas acirradas nessa temporada.

Em disputa com Max Verstappen pelo título da Fórmula 1 em 2021, Lewis Hamilton se envolveu em batalhas acirradas com o rival ao longo da temporada, chegando a colidir com o holandês nos GPs da Inglaterra e Itália, e evitou outras, como na Emilia-Romagna e Espanha, postura que o britânico relevou ter tirado de conselhos de seu pai ainda em sua infância, quando corria no kart.

“É assim que meu pai me criou. Ele me dizia para sempre responder na pista. Sofri bullying na infância, na escola e nas pistas, então queríamos vencê-los da maneira certa, não com uma colisão. Assim não dá pra negar que você é o melhor. Se você bater, podem dizer "ah, mas essa é uma tática daquele piloto". Quero ser o mais puro dos pilotos, pela velocidade, pelo trabalho árduo e pela determinação, assim não terá como negar tudo o que conquistei, no fim” - conta Hamilton.


Lewis Hamilton e seu pai, Anthony Hamilton. (Foto:Reprodução/Twitter)


Por muitos anos, Lewis Hamilton foi o primeiro e único piloto negro a ter passado pela Fórmula 1, e citou que em algumas ocasiões sofreu ofensas de rivais enquanto era mais jovem e até mesmo de professores e pais de colegas pilotos. No entanto, não é somente seu histórico que influencia sua postura em pista. O heptacampeão revelou que pensar no trabalho que sua equipe teve para montar o carro o levam a pensar duas vezes a cada decisão tomada em uma disputa roda a roda.

“Às vezes você perde pontos ao fazer isso, com certeza, mas não é apenas sobre mim. Tenho duas mil pessoas atrás de mim, trabalhando, e por meio dessa decisão egoísta que eu poderia tomar, posso custar todos os bônus de cada um da minha equipe no final do ano, todo o trabalho duro que eles têm que fazer. Estou ciente dessas coisas.”

Em seu 14º ano na F1, Lewis Hamilton já enfrentou outros gigantes da categoria como Fernando Alonso, Jenson Button, Sebastian Vettel e Nico Rosberg, que chegou a vencê-lo, em 2016. O britânico recorreu à experiência para garantir que a postura mais arrojada de Verstappen não é algo novo para ele.

https://inmagazine.ig.com.br/post/FIFA-divulga-lista-final-do-premio-The-Best-confira-os-nomes

https://inmagazine.ig.com.br/post/Messi-nao-esconde-amor-ao-Barcelona-e-declara-Gostaria-de-voltar

https://inmagazine.ig.com.br/post/Rebeca-Andrade-revela-que-se-inspirou-em-Simone-Biles-ao-nao-disputar-o-solo-no-Mundial

Ele não é o único piloto que age dessa forma contra o qual já competi, e cada um se comporta de maneira muito diferente. Agora estou mais velho, então olho um pouco mais fundo para seu caráter, sua formação, educação. Nossa educação é o motivo pelo qual agimos da maneira que agimos, seja para o bem ou para o mal. Então, tento entendê-los para que eu possa ter mais noção de quem é esse personagem com quem estou competindo” - explicou Hamilton.

 

 

Foto destaque: O heptcampeão da Fórmula 1 Lewis Hamilton. Reprodução/Twitter.