Cinema/TV

"Heartstopper" ganha vídeo extra

06 Mai 2022 - 11h20 | Atulizado em 06 Mai 2022 - 11h20

A Netflix divulgou nesta quinta-feira, 05, pelo Twitter e no seu canal oficial no YouTube, um vídeo com a compilação de erros de gravação da série Heartstopper. A produção é o mais novo atrativo da plataforma de streaming e faz uma adaptação da história em quadrinhos escrita pela britãnica Alice Oseman de 27 anos. 

No material, há cenas com a premiada atriz britânica Olivia Colman, que interpreta a mãe de Nick Nelson. Confira: 


(Vídeo com erros de gravação de Heartstopper/ reprodução YouTube)


A história de Heartstopper acompanha o fofo e inseguro Charlie, interpretado por Joe Locke, e o popular jogador de rugbi  Nick, vivido por Kit Connor. Os dois garotos se conhecem no colégio para meninos "Truham", e passam a interagir mais quando se vêem obrigados a dividir a mesma mesa em uma aula. Logo, o que poderia ser uma amizade improvável entre dois jovens totalmente diferentes, no entanto, acaba dando indícios que na verdade está prestes a se transformar em um lindo romance.

Mesmo sabendo que nutrir sentimentos por um cara hétero pode ser prejudicial para seu coração, Charlie, que é assumidamente gay, acaba sentindo algo a mais por Nick, conforme os dois vão se conhecendo mehor e criando laços. Nick, por outro lado, se vê confuso em relação aos seus sentimentos por Charlie e toda essa confusão de emoções o faz questionar e procurar entender melhor sobre a prória sexualidade. A soma dos fatores e acontecimentos resulta em uma viajem repleta de novas descobertas e autoaceitação para os dois e também para as pessoas ao redor. Além de tudo isso, há a presença daquele roamance inocente e aconchegante vivido na adolescência. 

Heartstopper chegou ao catálogo da Netflix desde 22 de abril. A produção adaptouou os dois primeiros volumes de uma série de quatro livros de Oseman e tem oito episódios com aproximadamente 30 minutos cada.

Antes de ser transformado em HQ física, Heartstopper foi, originalmente, publicado na plataforma digital 'Webtoon'. 

Foto Destaque: Heartstopper/ divulgação Netflix