Esportes

Hulk fica de fora da seleção e foca no Atlético-MG

16 Mai 2022 - 21h00 | Atulizado em 16 Mai 2022 - 21h00
Hulk fica de fora da seleção e foca no Atlético-MG

O atacante Hulk marcou mais um gol pelo Atlético Mineiro, o 16° de 18 jogos nesse ano. Depois dessa conquista, Hulk recebeu ujma pergunta sobre como ele se sentia ao não ser chamado mais uma vez para fazer parte da seleção brasileira. Em resposta, o jogador reafirmou o respeito que tem com o técnico Tite, e disse que o foco está em manter o nível no Galo.

A Seleção jogará dois amistosos em junho, na penúltima data Fifa antes da Copa do Mundo no Catar. E mais amistosos estão previstos para acontecerem em setembro. Hulk já foi escalado por Tite no ano passado, mas ao que tudo indica, ele não faz parte dos planos do treinador para essa edição.

"Primeiramente, agradeço a todos que confiam no meu trabalho, aos que me querem na Seleção. Mas respeito demais o professor Tite, não é fácil para ele convocar 23 jogadores, 26 jogadores, com leque de opções. Mas estou focado aqui no Galo, estou focado para dar o meu melhor aqui assim como foi em 2021, e peço a Deus para não ter lesões" afirmou Hulk.


">

(Hulk com a camisa do Atlético-MG/ reprodução instagram)


No ataque, Hulk concorre fortemente com jogadores que atuam no futebol europeu. E, em setembro do ano passado, o camisa 7 foi convocado quando os atletas que jogaram a Liga Inglesa (Premier League) foram vetados em função dos protocolos da covid-19. Hulk participou dos jogos contra Chile e Peru pelas Eliminatórias. Ele também atuaria no duelo com a Argentina, mas a partida foi suspensa após intervenção da Anvisa. 

Após ficar dois jogos seguidos sem fazer gols, Hulk conseguiu o segundo gol da vitória contra o Atlético Goianiense no último sábado, 14. Foi desfalque na partida contra o Bragantino, pelo Brasileirão, e também não atuou contra o Brasiliense, após retornar de Miami onde acompanhou o nascimento da filha, Zaya.

Contudo, o atacante conserva esperanças para a Copa do Mundo, principalmente se a Fifa liberar 26 nomes para o Mundial. 

Foto Destaque: Pedro Souza/Atlético-MG