Moda

IDA reutiliza sobras de tricô em nova coleção

06 Mai 2022 - 20h58 | Atulizado em 06 Mai 2022 - 20h58
IDA reutiliza sobras de tricô em nova coleção

Focada na sustentabilidade, a IDA investe em uma coleção com peças feitas a partir de sobras de tricô. O anúncio do lançamento de “Trilhas” marca um desafio para a moda sustentável. O lançamento faz parte das propostas para o inverno 2022.

Para produzir as peças, IDA utilizou retalhos de tricô, fornecidos pela empresa têxtil Patchwork, que teriam como destino o descarte. “Sabemos que não é fácil para nossas fábricas parceiras produzir qualquer coisa que saia do modelo tradicional de confecção, mas a Patchwork entrou nessa de cabeça conosco e se dedicou para fazer acontecer”, comunicou Gabriela Machado, head de estilo da IDA.

A proposta da nova coleção é dar significados às peças e trazer a responsabilidade social para moda, trazendo mudanças para o mundo. Todo o design das peças foi pensado conforme o material disponível, pensando na harmonia entre as cores e dimensão dos retalhos. O diferencial da coleção são as peças únicas.


IDA investe na sustentabilidade em nova coleção com sobras de tricô (Foto: Divulgação/IDA)


A reutilização do tricô é mais uma das ações de sustentabilidade da IDA. “Transformamos fios de tricô que seriam descartados e reconstruímos um futuro de ida em uma coleção-cápsula de upcycling”, explica a marca em manifesto. Em outras ocasiões, a marca produziu roupas feitas de algodão orgânico ou reciclado, além de, utilizar tecidos criados a partir de garrafas PET. Todas as ações sustentáveis estão no relatório Jornada 3, o documento está disponível on-line e foi revelado na Semana Fashion Revolution 2022.

A coleção Trilhas conta com casacos, blusas e tops, tudo em tricô. Prometendo estilo para o inverno, as peças exclusivas contam com a mistura de tons vibrantes de rosa, azul, amarelo e vermelho. A coleção já pode ser comprada na loja virtual.

 

Foto Destaque: Casaco de tricô, peça da coleção Trilhas. Divulgação/IDA