Reality

Ilha Record: entenda as intrigas do começo do reality

19 Jul 2022 - 16h02 | Atulizado em 19 Jul 2022 - 16h02
Ilha Record: entenda as intrigas do começo do reality

Após o sucesso do Power Couple Brasil 6, a Record tem apostado novamente nos realities, já que o seu sucesso superou o Big Brother Brasil 2022. A segunda temporada do Ilha Record já estreou na moita passada da segunda-feira (18) e já começou com momentos agitados entre os participantes.

A participante Aline Dahlen ficou irritada ao encontrar uma calcinha e tolhas no banheiro comunitário e cobrou seus colegas sobre aquele problema. Vitória Bellato também chegou com o pé esquerdo e foi rejeitada na definição de equipes do reality, mas acabou ganhando uma garrafa que esconde um "poder especial". Na primeira prova, o time Ametista venceu logo no início da temporada, os desafiantes foram chamados por Mariana Rios para a dinâmica para a gincana da discórdia. Na prova, eles tinham a missão de apontar os adversários mais fortes, duvidosos e fracos, Flávio Nakagima, Caique Aguiar e Ste Viegas foram colocados como os mais resistentes.

Bruno também foi classificado na categoria "dúvida" junto com Ste e Aline. Os escolhidos como mais fracos foram Jaciara Dias e Bruno. "Eu sou coração mesmo, mas isso não vai impedir que eu ganhe o jogo", disse a ex-BBB Portugal.


Whendy Tavares e Bruno Sutter (Reprodução/Instagram)


Durante a dinâmica, Bruno conseguiu uma inimizade com Whendy Tavares, que não gostou de vê-lo escolher Kaio Viana pelo fato de ser um músico funkeiro. "Eu achei seu posicionamento fraco, eu achei ridículo", disse Whendy, sem saber que se tratava de a brincadeira entre os dois colegas de confinamento.

Após o climão, os exploradores foram informados de que os dois capitães das tribos Esmeralda e Ametista seriam definidos com base nos mais escolhidos em duas categorias. "Os mais citados como forte e dúvida se tornarão os comandantes das equipes", disse Mariana. Logo depois, a apresentadora explicou que Caique, Ste e Nakagima haviam empatado com três votos como os mais fortes, mas como tinha recebido o primeiro voto, Aguiar iria inaugurar como o primeiro capitão. Já Bruno, que apontado como uma dúvida, ficou como segundo capitão. Ele e Caique se aproximaram de uma área e puxaram duas cordas para descobrir quais tribos teriam que comandar. Sutter ficou com a Esmeralda e Aguiar com a Ametista.

 

Foto em destaque: Ilha Record (Reprodução/Fashion Bubbles)