Saúde e Bem Estar

Imunização infantil: curso Embaixadores da vacina ajuda a vencer o medo

06 Fev 2022 - 13h48 | Atulizado em 06 Fev 2022 - 13h48
Imunização infantil: curso Embaixadores da vacina ajuda a vencer o medo

O treinamento da Universidade Johns Hopkins (EUA) tem ajudado a esclarecer cientificamente e com empatia, muitas dúvidas relacionadas a vacinação infantil.

As perguntas mais frequentes são relacionadas ao fato de se as vacinas podem causar problemas de longo prazo nas crianças, ou se as vacinas foram produzidas muito rapidamente para serem seguras. O objetivo do curso é promover a afirmação nas pessoas para que elas possam se comunicar com pais que por alguma razão, tenham medo de vacinar seus filhos.

Os Estados Unidos da América começou em novembro a vacinação infantil contra a Covid-19. Oito milhões de crianças americanas, na faixa entre 5 e 11 anos, foram vacinadas com a primeira dose desde então.  E é justamente desse grupo, que se baseiam os estudos indicando segurança e baixos índices de efeitos colaterais.  Apesar desses estudos, os EUA, que tiveram o "pico" de vacinação em novembro, viram os índices de vacinação para a segunda dose cair para apenas 19% das crianças dessa faixa etária, segundo a pesquisa da Fundação Kaiser Family com dados no CDC ( Centro de Controle de Doenças). 

A Universidade Johns Hopkins criou um curso conhecido como "Embaixadores da Vacinação", para rebater o receio à vacinação que tem abrangido uma parte importante da população americana. O curso é online e gratuito e tem duas horas de duração. O curso ajuda pais, educadores e membros da comunidade a conversar sobre os principais pontos da imunização infantil e retirar assim muitas dúvidas de outros pais que ainda hesitam em vacinar seus filhos. Tudo feito com muita empatia e respeito. 


Imagem da vacina (Foto/Reprodução: br.freepik.com)


O medo de reações adversas na vacinação infantil não é privilégio apenas dos americanos. No Brasil, segundo uma pesquisa da Fiocruz, esse é o principal motivos para que os pais hesitem em vacinar seus filhos. 

A lição mais importante do curso, é ouvir os pais. Escutar com paciência e empatia suas dúvidas e medos. Além de, com carinho e atenção, esclarecer os benefícios da vacina, explicando que é muito baixo o risco de efeitos colaterais. Postagem de fotos de crianças sendo vacinadas ajudam a incentivar esses pais que tenham dúvidas. Esclarecer em relação a "fake news" que tentam desinformar e confundir as pessoas também ajuda a acabar com o receio. O curso ainda oferece na segunda hora dados científicos que ajudam a tirar todas as dúvidas em relação a vacina. 

Foto destaque: Vacina. Foto/Reprodução: s2.glbimg.com