Tech

Instagram planeja notificar usuários sobre problemas técnicos na plataforma

18 Out 2021 - 19h15 | Atulizado em 18 Out 2021 - 19h15
Instagram planeja notificar usuários sobre problemas técnicos na plataforma

O Instagram divulgou na última segunda-feira (11) que planeja desenvolver um mecanismo para notificar o usuário da plataforma quando houver problemas técnicos que interrompam o funcionamento da rede. A ideia é que o alerta seja feito dentro do próprio aplicativo.

Segundo a empresa, os primeiros testes terão início nos Estados Unidos e devem durar alguns meses.

O anúncio foi veiculado à imprensa após a última pane no sistema das mídias sociais: uma interrupção sistêmica na rede que impossibilitou mais de 3,5 bilhões de usuários a acessar o Instagram, Facebook e Whatsapp por cerca de 6 horas. O ocorrido viralizou noutras redes, como nos trending topics e hashtags do Twitter e na timeline de vídeos do TikTok.

https://inmagazine.com.br/post/Instagram-Kids-Projeto-do-Facebook-para-criancas-e-pausado

https://inmagazine.com.br/post/Instagram-caiu-Plataforma-volta-a-apresentar-instabilidade

https://inmagazine.com.br/post/Ariana-Grande-revela-foto-inedita-de-seu-casamento-com-Dalton-Gomez-em-seu-Instagram

Ainda, de acordo com o grupo de monitoramento Downdetector, responsável por fornecer ao público informações em tempo real sobre o status de websites e redes sociais, diversos usuários continuam a apontar contratempos no app.


Foto: Reprodução/G1.


A empresa também pretende inaugurar um recurso capaz de informar às pessoas que utilizam o aplicativo se sua conta corre algum risco de ser desativada. O app costuma bloquear perfis os quais transgridam os termos de uso da plataforma, ou mesmo quando há muitas denúncias de terceiros sobre uma conta ou posts (do feed, stories, IGTV e até comentários). Os motivos de bloqueio podem variar, embora os principais se concentrem nas seguintes questões: por disseminação de ódio, comentários que geram spam, publicação de conteúdo sexual, ameaça ou qualquer tipo de atentado a vida de terceiros, suicídio, maus tratos, cenas fortes, linguagem imprópria, entre outros.

Vale salientar que essas diretrizes para o uso da plataforma não abrangem apenas o Instagram, mas qualquer rede social da atualidade. Isso porque as empresas têm uma obrigação moral com a sociedade de fornecer um ambiente seguro e acolhedor para aqueles que optarem por utilizar esses espaços virtuais.

 

Foto: Reprodução/Solen Feyissa.