Tech

Inteligência artificial na educação: robô que acompanha o movimentos dos educadores

14 Jan 2022 - 20h55 | Atulizado em 14 Jan 2022 - 20h55
Inteligência artificial na educação: robô que acompanha o movimentos dos educadores

À medida que a pandemia avança a educação que para a sociedade atual se tornou, indiscutivelmente, uma das melhores formas para alcançar ascensão social. Vem hoje enfrentando desafios bem complexos, visto que o convencional método de trazer as crianças e adolescentes para as salas de aulas se tornou arriscado. Por isso a Starup Videome apostou na criação de um Robô capaz de se movimentar através de suas rodinhas e fazendo o uso de Inteligência Artificial para executar o acompanhamento dos educadores, além de possuir uma câmera com resolução 4K.

Dessa forma, universidades que a muito tempo vem se especializando em aulas no modelo remoto são as mais interessadas nessa tecnologia. Algumas já aderiram a ela e estão inovando em aulas que podem ter um desfecho menos monótono e entediante das vídeo-aulas, graças a possibilidade de um melhor enquadramento dependendo da fala, ou um movimento em direção a algum ponto que pode ser acompanhado por um close chegando a lembrar até um documentário ou algo parecido. 


Foto/Imagem: ClarissaDiogenes/Sindojus-ce


As expectativas para esses modelos estão justamente relacionados à mudança de comportamento da sociedade devido a necessidade de ter que estar em casa. Um conjunto de outros fatores foram acelerados devido a esse processo, como trabalhos em home office, maior números de entregas por delivery, universidades do país todo adotando ao modelo remoto de ensino como medida preventiva e isso por consequência vai gerando cada vez mais um distanciamento do outro. 

Logo, quando for possível voltar ao estilos presenciais, é provável que isto tenha deixado de ser a vontade de muitos que por sua vez, vão preferir prosseguir de suas casas ou no mínimo um modelo híbrido que lhe permita maior flexibilidade. De toda forma, independente disso, a maneira como as aulas irão funcionar já foram mudadas e os dispositivos eletrônicos deixaram de ser apenas uma ferramenta e tornaram-se essenciais nas rotinas escolares e acadêmicas. 

Isso porque, as salas de aulas online são feitas para que os alunos acessem materiais e vídeo-conferências e possam interagir com educadores. Porém esse distanciamento muitas vezes pode ser um fator que dificulta devido a falta de conexão com o conteúdo, não interação com outros estudantes e com o educador. Nesse sentido, o robô pode ser uma excelente ferramenta tendo em vista que este poderia amenizar um pouco essa dificuldade permitindo ao aluno essa maior interação com o vídeo.

 

Foto de Destaque:  Kirillm/iStock/Super.abril

Mais Lidas