Esportes

Isaquias Queiroz vence prova C1 1000m, vai às semifinais e busca o pódio nas olimpíadas: “eu quero brigar pela medalha de ouro”

06 Ago 2021 - 07h00 | Atulizado em 06 Ago 2021 - 07h00
Isaquias Queiroz vence prova C1 1000m, vai às semifinais e busca o pódio nas olimpíadas: “eu quero brigar pela medalha de ouro”

O canoísta baiano de 27 anos, na noite desta quinta-feira, confirmou o seu favoritismo sustentado pelas três medalhas olímpicas em seu currículo, marca o tempo de 3m59s894 na modalidade C1 1000m e vence sua bateria de forma tranqüila e consistente e disse estar guardando mais para as próximas finais.

"A mensagem que eu quis passar é que sou o atual campeão mundial. Lógico que isso foi em 2019, mas eu treinei muito durante cinco anos para esse momento e eu não vou deixar passar de jeito nenhum. Eu quero brigar pela medalha de ouro”.

 Isaquias tinha disputado a prova por duplas Jacky Godmann, pela modalidade C2 e ficado com o quarto lugar em uma bateria de alto nível, mas sua fome por medalha vista já aqui no Rio, o impede de se contentar em sair do Japão sem ao menos um pódio.


Jacky Godmann e Isaquias Queiroz em prova C2 (Foto: Reprodução/REUTERS/Maxim Shemetov)


https://lorena.r7.com/post/Bomba-Lionel-Messi-nao-e-mais-jogador-do-Barcelona 

https://lorena.r7.com/post/Volei-masculino-perde-para-a-Russia-e-fica-fora-da-final-olimpica 

https://lorena.r7.com/post/Vasco-perde-para-o-Sao-Paulo-e-e-eliminado-da-Copa-do-Brasil 

"Nos dias anteriores eu fui bem com o Jacky no C2, quarto lugar não é para todo mundo, é uma grande colocação. Mas eu estou com uma raiva, vontade de ganhar. Claro, isso não quer dizer que vou ganhar, mas vou lutar para isso. Falei com o treinador antes da prova o que queria fazer. Queria mostrar no final quem sou eu, o atual campeão mundial e o cara que vai brigar por essa medalha de ouro

 O brasileiro liderou a bateria de ponta a ponta, demonstrando total domínio e controle durante toda a prova e ganhou confiança para o decorrer da competição.

"Depois dessa prova fiquei mais leve, não vou mentir. Eu também estava um pouco tenso porque são os Jogos Olímpicos, né? Foram cinco anos de trabalho, cinco anos de treinamento e qualquer atleta tem um receio de errar. Mas a raia está para mim, o vento está a meu favor. Com essa prova eliminatória, acho que eu estou mais confiante ainda”, comentou.

 Nesta sexta-feira, às 21h44 e 21h52, ocorrerão, respectivamente, as duas baterias da semifinal e, no mesmo dia, às 23h53 acontece a final, valendo medalha.

 Jacky Godmann acabou ficando nas quartas de final, ficando na sexta colocação na segunda bateria e acabou sendo eliminado, encerrando sua participação nos jogos olímpicos de Tóquio.

 

(Foto destaque: Isaquias Queiroz vence prova do C1 1000m, avança direto para as semifinais e busca o pódio nas olimpíadas: “eu quero brigar pela medalha de ouro”. Reprodução/ Getty Images)