Cinema/TV

Joe Russo diretor de dois filmes da série “Vingadores” comenta o processo já finalizado entre Scarlett Johansson e Disney

15 Out 2021 - 18h45 | Atulizado em 15 Out 2021 - 18h45
Joe Russo diretor de dois filmes da série “Vingadores” comenta o processo já finalizado entre Scarlett Johansson e Disney

Recentemente o processo entre Scarlett Johansson e a Disney chegou ao fim por meio de um acordo não aberto ao público, e o diretor de outros trabalhos da atriz dentro do mesmo universo, Joe Russo, comentou a situação. À revista Variety, o diretor comenta sobre o peso negativo do processo ter chegado ao público, mas diz  estar contente com o resultado dele em si : “Há muita tensão, assim como há em muitas indústrias, porque há muita interrupção” contou. “Os nervos das pessoas estão desgastados, e é difícil prever o que vai acontecer ou para onde algo está indo.” completou. Sobre a satisfação com o resultado, Joe disse : “Estou feliz que o processo foi resolvido. Acho que foi um indicativo de mudanças significativas que vem acontecendo. A resolução fala muito sobre o respeito pelos artistas que avançam nessa mudança de cenário.”

 

Teaser da segunda parte de La casa de Papel está disponível (inmagazine.com.br)

 

Zé do Caixão: Personagem ganhará dois novos filmes produzidos por Elijah Wood (inmagazine.com.br)

 

Pânico 5 divulga primeiro trailer e data de estreia nos cinemas (inmagazine.com.br)

 

O processo em questão veio a público em julho deste ano, nele Scarlett alega quebra de contrato por parte da Disney, por conta da decisão de lançar “Viúva Negra” de forma simultânea em sua plataforma de streaming, o “Disney+” e nos cinemas. A problemática da decisão de lançamento em relação a atriz envolve o pagamento dela, já que a quantia recebida pelo trabalho estava previamente ligada ao retorno do filme nos cinemas físicos. Os termos da decisão final não foram divulgados, mas após muitas farpas trocadas entre as duas partes, a atriz e produtora revelou no final de setembro ter “resolvido suas diferenças” com a empresa.


Marvel anuncia em seu Instagram a liberação de "Viúva Negra" no "Disney+" para todos os assinantes (Reprodução/Instagram)


Russo também usa a situação para refletir sobre a indústria como um todo, para ele a decisão da Disney é um retrato do cenário atual no cinema, “As empresas estão em pânico atualmente, porque eu acho que metade dos estúdios desaparecerão nos próximos 5 ou 10 anos, e o jogo mudou drasticamente," afirmou. "Existem produtores de conteúdo que podem gastar mais do que qualquer estúdio, e isso é apenas um erro para eles, porque são empresas de US $1 trilhão. Nunca vimos isso antes no mercado.” disse também. O diretor também acha que os serviços de streaming são uma ótima saída para esses produtores de conteúdo, por isso tem uma visão otimista sobre produções independentes, “Eu não vejo os filmes independentes retornando aos cinemas no futuro. Eu simplesmente não vejo isso acontecendo,” disse. “Você ganha mais dinheiro para lançá-los digitalmente. Tem menos dor de cabeça. A coisa mais fácil para a Netflix é aprovar um filme menor. O que eu descobri, e o que muitos outros cineastas descobriram, é que ninguém realmente te incomoda. É uma experiência incrível de se ter. ” concluiu.

 

Foto Destaque : Divulgação da liberação do filme "Viúva Negra" para todos os assinantes do Disney+ feita pela Marvel em seu Instagram. Reprodução/Instagram.

Mais Lidas