Esportes

Jogadores do Querétaro recebem ameaças de morte após pancadaria generalizada

08 Mar 2022 - 21h05 | Atulizado em 08 Mar 2022 - 21h05
Jogadores do Querétaro recebem ameaças de morte após pancadaria generalizada

O técnico do Querétaro, Hernan Cristante, declarou que seus jogadores estão recebendo ameaças de morte após a pancadaria generalizada na partida entre Querétaro e Atlas pelo Campeonato Mexicano. As intimidações seriam de torcedores do Atlas, que culpam o Querétaro – de maneira geral – pela violência que interrompeu toda a rodada do torneio. As ameaças estão sendo investigadas.

Meus jogadores receberam ameaças de morte. Eles não estão calmos. Há esposas que estão pensando em sair”, disse Cristante, de acordo com a agência de notícias “AFP”.

Segundo a imprensa mexicana, seguranças do Querétaro teriam facilitado a invasão pelas organizadas do clube ao setor destinado à torcida do Atlas, o que iniciou toda a violência vista no último sábado. Até o momento, as autoridades afirmam que sete pessoas estão internadas, sendo uma em estado grave com trauma na cabeça, e um torcedor perdeu a visão em um dos olhos. Ao todo, foram 26 feridos confirmados pelos órgãos governamentais.


Casal tenta se proteger no gramado de La Corregidora, estádio que ocorria a partida. (Foto: Reprodução/EFE)


O campeonato voltará a ser disputado a partir da próxima sexta (11), mas somente com a presença da torcida mandante. O Querétaro corre o risco de exclusão.

Vamos resolver esse problema com sanções, medidas de segurança reforçadas e vamos seguir em frente. Todos os cenários estão na mesa, mas temos que analisar, porque não podemos tomar uma decisão que não tenha a visão de todas as partes, para que conheçamos essas sanções”, afirmou o presidente da Liga MX, Mikel Arriola, à Televisa.

A promotoria do Querétaro declarou nesta terça-feira que 10 homens foram apreendidos por envolvimento na briga. Eles são suspeitos de tentativa de homicídio, defesa de atividades criminosas e violência em evento esportivo. Além disso, mais mandados foram expedidos para a prisão de outros envolvidos.

A confusão teve início na metade do segundo tempo, quando torcedores do Querétaro, que perdia por 1 a 0, invadiram o setor destinado aos torcedores do Atlas. A briga se estendeu aos gramados e a partida foi encerrada antes dos 90 minutos.

Foto destaque: Torcidas batalham nas arquibancadas. Reprodução/EFE