Celebridades

Justiça arquiva denúncia de irregularidades na vacinação de Wesley Safadão

03 Fev 2022 - 20h06 | Atulizado em 03 Fev 2022 - 20h06
Justiça arquiva denúncia de irregularidades na vacinação de Wesley Safadão

Nesta quarta-feira (2), o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) decidiu arquivar a denúncia de vacinação irregular contra Wesley Safadão (33), sua esposa Thyane Dantas (31) e a produtora Sabrina Alves. Mesmo tendo sido acusados da falta, o advogado de defesa sustenta que o caso é "atípico" e que "não há justa causa para investigação".

O trio foi indiciado em setembro do ano passado, como confirmou a Secretaria de Segurança Pública do Ceará, após acusações de terem furado a fila da vacina contra a covid-19, e de terem se deslocado para um posto de vacinação diferente do que foram alocados, a fim de escolher o tipo do imunizante. Todos prestaram depoimentos na Delegacia de Combate à Corrupção, em Fortaleza.

Thyane estaria fora da faixa etária para ser vacinada, conforme o calendário de vacinação da prefeitura de Fortaleza, mesmo assim recebeu o imunizante. Já Safadão e a produtora estariam agendados para receber a vacina em 8 de julho, no Centro de Eventos do Ceará, mas dirigiram-se para outro posto de vacinação, o mesmo em que Thyane recebeu a vacina da Janssen, supostamente com a intenção de escolher o imunizante.


Wesley Safadão ser vacinado (Foto: Reprodução/Instagram)


A decisão de arquivamento do possível crime de infração de medida sanitária preventiva ocorreu após a defesa dos envolvidos entrar com um pedido de Habeas Corpus, pedindo o fim da investigação. No entanto, embora a tramitação criminal tenha sido suspensa, o Ministério Público (MP) foi autorizado a continuar a averiguar a conduta dos servidores envolvidos no caso, que teriam cometido o crime de peculato.

Em novembro de 2021, uma decisão liminar já havia interrompido o processo de investigação criminal contra Safadão, sua esposa e sua produtora até o julgamento do mérito. Na ocasião, Willer Tomaz, advogado do trio, emitiu uma nota, afirmando que a acusação era mentirosa, pois tentava "incriminar um inocente por um fato que nem sequer configura crime".

 

Foto destaque: Wesley Safadão e Thyane Dantas. Reprodução/Instagram

Mais Lidas