Notícias

Justiça condena filhos de Flordelis por morte do pastor Anderson do Carmo

24 Nov 2021 - 16h00 | Atulizado em 24 Nov 2021 - 16h00
Justiça condena filhos de Flordelis por morte do pastor Anderson do Carmo

Nesta quarta-feira (24), Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cezar dos Santos Souza, ambos filhos da ex-deputada federal Flordelis, foram condenados pelo Tribunal do Júri de Niterói (RJ) por paticipação no assassinato do pastor Anderson do Carmo, ocorrido em junho de 2019.

 

Flávio dos Santos, condenado pelos crimes de homicidio triplamente qualificado, uso de documento ideologicamnete falso, porte ilegal de arma de fogo e associação criminosa armada, foi sentenciado a 33 anos, dois meses e 20 dias de prisão em regime inicialmente fechado. Ele também foi acusado de ter efetuado os disparos contra o pastor.

 

Já Lucas Cezar, foi condenado a sete anos e seis meses de prisão em regime inicialmente fechado, por homicídio triplamente qualificado. Lucas foi apontado de ter sido o responsável por conseguir a arma do crime, uma pistola Bersa 9 milímetros.


Leitura da sentença pela juíza Juíza Nearis dos Santos Arce. (Foto:Reprodução/TV Globo)


A defesa de Lucas concordou com a pena atribuída ao cliente. Já a defesa de Flávio irá recorrer da decisão da Justiça. O julgamento foi presidido pela juíza Nearis dos Santos Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói. Depois de mais de 15 horas de julgamento, iniciado na tarde de terça-feira (23), a sentença foi proferida já na manhã do dia seguinte, por volta das 5h. Os réus foram interrogados e oito pessoas prestaram depoimento sobre o caso.

 

Flávio, quando interrogado, dispensou a oportunidade de falar à juíza e aos jurados, permanecendo em silêncio por todo momento. Lucas, em seu depoimento, mencionou que não sabia que a arma que ele ajudou a comprar seria para matar o pastor Anderson do Carmo. E que se negou a executar o assassinato quando foi sondado por parentes para cometer o crime.

 

O julgamento de Flordelis e de outros oito acusados do crime ainda não tem data marcada. A ex-parlamentar é acusada de ser a mandante do crime e responde por uso de documento falso, homicídio triplamente qualificado e tentativa de homicídio.

 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Jovem-cearense-de-18-anos-vive-sem-documento-de-identificacao-e-segue-sem-acesso-a-servicos-basicos

 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Touro-da-Bovespa-nao-recebeu-autorizacao-para-ser-instalado

 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Passaporte-vacinal-sera-exigido-a-turistas-no-Rio-de-Janeiro

 

Flordelis está presa no Complexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste do Rio, desde o dia 13 de agosto, um dia após a perda do mandato parlamentar na Câmara dos Deputados e ter sido expulsa do PSD.

 

Foto Destaque: Reprodução/Tomaz Silva/Agência Brasil

Mais Lidas