Celebridades

Kanye West revelou ter medo que Kim Kardashian se vicie em drogas por causa de Pete Davidson

16 Mar 2022 - 21h50 | Atulizado em 16 Mar 2022 - 21h50
Kanye West revelou ter medo que Kim Kardashian se vicie em drogas por causa de Pete Davidson

Kanye West começou de novo a atacar Pete Davidson em suas mídias sociais na manhã desta quarta-feira (16). O rapper criou uma sequência de posts no Instagram para comentar sobre as suas compulsões sobre o relacionamento entre o comediante, sua ex-mulher, Kim Kardashian, e seus filhos, North West, Saint, Chicago e Psalm.

No começo Kanye publicou um pedaço de uma notícia que falava que Pete aparentemente teria irritado os espectadores do Saturday Night Live com piadas sobre sexo com bebês. "Mais uma razão pela qual SKETE tem que ficar longe dos meus filhos. Ah e ninguém notou que ele não apareceu no SNL porque o Sr. 'Eu posso te ajudar com remédios' teve um colapso mental depois que tiramos ele da internet. SKETE você não construiu para isso. Eu já o apaguei do Super Bowl. Peça desculpas à sua família por ser da sua família", iniciou o rapper.

Kanye deu a entender ao longo da sequência que sua ex-esposa, Kim Kardashian, estava envolvida com substâncias ilegais como resultado do namoro com o comediante. "Estou realmente preocupado que SKETE vai deixar a mãe dos meus filhos viciados em drogas. Ele está na reabilitação a cada 2 meses".


Kanye West fala de Pete Davidson (Foto: Reprodução / Instagram)


O rapper também incluiu comediantes próximos a Pete em suas postagens, incluindo Dave Sirus, que supostamente vazou o bate-papo de celular de Kanye com o comediante, e Trevor Noah.

Confronto público


Há muito tempo, Kanye West e Davidson negociam publicamente. A briga começou quando o comediante assumiu o controle do relacionamento do rapper com Kim Kardashian, ex-mulher do rapper.

Agradeça ao rapper Pete e convide os fãs a "gritar" com o quadrinho se o encontrarem. Logo depois, foi revelado o término do romance de Ye com a atriz Julia Fox. Logo antes de o rompimento ser relatado à imprensa, Julia apagou todas as imagens que tinha com Ye de suas contas de mídia social.

Em homenagem ao Dia dos Namorados, que é comemorado em 14 de fevereiro em muitos países, Ye até enviou um carro de flores para o ex. Recentemente, ele começou a postar nas redes sociais sobre sua ex-esposa, Kim Kardashian, dizendo que ainda estava apaixonado por ela e que 'lutaria por sua família'.

A partir deste momento, Kanye voltou atrás depois de ter se envolvido em polêmica por ter postado em seu Instagram intimidações públicas a Pete Davidson. "Aprendi que usar todas as letras maiúsculas faz as pessoas sentirem que estou gritando com elas. Estou trabalhando na minha comunicação. Posso me beneficiar de uma equipe de profissionais criativos, organizadores, mobilizadores e líderes comunitários. Obrigado a todos por me apoiarem. Eu sei que compartilhar capturas de tela foi chocante e pareceu assediar Kim. Eu assumo a responsabilidade. Ainda estou aprendendo em tempo real. Eu não tenho todas as respostas. Ser um bom líder é ser um bom ouvinte", falou ele na publicação em seu Instagram.

Ye, por outro lado, lançou dois vídeos mostrando-se enterrando e espancando Pete Davidson no videoclipe da música Eazy de seu mais novo álbum, Donda.

Na mais recente rixa entre o rapper e o comediante, Kanye postou vídeos no Instagram neste domingo (13), em que critica a paternidade de Kim, afirmando que ela não se importaria de levar os filhos que têm juntos para o famoso Sunday Service.

No vídeo, Kanye ainda relatou Pete confirmando que ele teria enviado uma selfie se gabando estar na mesma cama que Kim Kardashian. “Por favor, o namorado me mandando mensagens se gabando por estar na cama com a minha mulher? Pensei nisso publicamente por um ano e meio. Fui arrastado, ela não é minha esposa, não tem o meu sobrenome. Fiquei tipo: 'Bom, quem está olhando as crianças se ele está mandando mensagem para mim, se achando por estar na cama com a minha esposa?'. E eu achei que ela não era mais a minha esposa, não mais legalmente desde que eu contratei os advogados para finalmente encerrar o divórcio. (...) Toda vez que faço algo positivo e algo negativo eu vou para o computador e então ela está fazendo piadas sobre a separação. Eu vou, contrato o advogado, nós finalmente fazemos o divórcio, e de repente eu que sou o perseguidor. Deus, eu apenas preciso proteger meus filhos. E eu quero levar meus filhos para o Sunday Service essa manhã, o diabo não vai vencer", falou ele em um vídeo.

Depois da publicação do vídeo, um amigo de Pete, Dave Sirus, expôs na web a famigerada comunicação entre o comediante e Ye por mensagem de texto, em que o rapper o batiza para o culto religioso e ele recusa, falando que o papo dever ser só entre os dois.

 

Foto Destaque: Kanye West e Pete Davidson (Foto: Reprodução/Getty Images)

Mais Lidas