Esportes

Kawan Pereira é campeão do Mundial júnior de saltos ornamentais

03 Dez 2021 - 21h26 | Atulizado em 03 Dez 2021 - 21h26
Kawan Pereira é campeão do Mundial júnior de saltos ornamentais

O piauiense Kawan Pereira, de 19 anos, conquistou a inédita medalha de ouro para o Brasil em um Campeonato Mundial de saltos ornamentais. O brasileiro ficou na 11ª posição durante a classificação geral e conseguiu a vaga para a fase decisiva. Na final, melhorou a sua performance e dividiu o topo do pódio com o ucraniano Danylo Konayalov no Mundial júnior, que acontece em Kiev, Ucrânia. Ambos somaram 532,60 pontos no trampolim de 3 metros e ficaram com a primeira posição da prova. O colombiano Leonardo Varela terminou na terceira colocação com 521,05 pontos. O também brasileiro Rafael Fogaça ficou na 12ª posição.


 

 


A competição não contou com a nenhum atleta da China, a principal potência da modalidade e dona das medalhas de ouro e prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Estados Unidos, Japão, Canadá, Austrália e México também não participaram. Essa não foi a primeira medalha do Brasil em Mundiais Júnior da modalidade, a dupla Hugo Parisi e Ubirajara Barbosa conquistaram a medalha de prata no salto sincronizado em 2002. Quase 10 anos depois, um brasileiro consegue mais uma medalha, dessa vez, a de ouro. Nas Olímpiadas, que aconteceram em agosto, Kawan já havia entrado para história do salto brasileiro quando conseguiu ficar na 10ª colocação na plataforma de 10 metros, sua principal prova, posição nunca alçada por nenhum brasileiro na história dos Jogos Olímpicos. O piauiense é uma das principais apostas do comitê olímpico brasileiro para as Olímpiadas de 2024, na França.

https://inmagazine.ig.com.br/post/Lebron-esta-livre-da-Covid-e-liberado-para-enfrentar-os-Clippers

https://inmagazine.ig.com.br/post/Cristiano-Ronaldo-marca-gol-800-e-vence-Arsenal-de-virada

https://inmagazine.ig.com.br/post/Lamine-Diack-ex-presidente-da-Federacao-Internacional-de-Atletismo-morre-aos-88-anos

Além da plataforma de 3 metros, Kawan Pereira tem grande chance de chegar novamente à final na plataforma de 10 metros. Ele treina no Instituto Pro-Esporte, de Brasília, que é dirigido pelo ex-atleta Hugo Parisi, e ainda disputará a prova da plataforma de 10 metros na semana que vem, onde é um dos favoritos ao pódio.

 

Foto destaque: Reprodução/Twitter CBDA