Celebridades

Lady Gaga passa por processo de cura após relatar ter sido vítima de abuso

29 Jan 2022 - 11h06 | Atulizado em 29 Jan 2022 - 11h06
Lady Gaga passa por processo de cura após relatar ter sido vítima de abuso

Na última quarta-feira, em entrevista ao Deadline, Lady Gaga desabafou sobre a revelação de ter sido vítima de um caso de estupro aos 19 anos, por um produtor musical. A atriz de 35 anos, comentou que vivia uma ‘’grande mentira’’ antes de revelar sobre o acontecido.

“Acho que para mim, foi apenas um processo de cura porque estou aos olhos do público com frequência. Na época em que comecei a falar sobre as coisas pelas quais estava passando, eu estava nos olhos do público com muita frequência e sendo seguida o tempo todo. Eu realmente senti que estava vivendo uma grande mentira ao não compartilhar” disse a cantora.


Lady Gaga com Deadline. (Reprodução: Instagram/ladygaga)


Gaga afirmou não estar sendo verdadeira consigo mesma enquanto estava escondendo este trauma. A celebridade disse que ‘’se libertou’’ e sentiu-se mais próxima dos fãs e as pessoas conseguissem vê-la como ela realmente é. “As pessoas estavam me descobrindo mais – elas passaram a saber mais do meu lado humano. Eu apenas me senti mais confortável no mundo. É como viver na sua verdade’, finalizou.

Em maio de 2021, a cantora relembrou da experiência agoniante em uma aparição no episódio de estréia do documentário ‘’The Me You Can’t See’’ (O eu que você não pode ver, em tradução livre) realizado por Oprah e Príncipe Harry. A série trata sobre a saúde mental e Gaga relatou sobre o acontecido. 


Episódio do relado de Lady Gaga em ‘’The Me You Can’t See’’. (Reprodução/Apple TV+)


O Relato

"Eu tinha 19 anos, estava trabalhando em um projeto e o produtor me disse: 'tire a roupa'. Eu disse que não e saí, e eles me disseram que iriam queimar todas as minhas músicas. E eles não pararam. Eles não pararam de me questionar e eu simplesmente congelei... e não lembro de mais nada".

Gaga comenta que depois de ter sido violentada, ela foi deixada na rua da casa de seus pais. Durante um tempo, ela sentiu muitas dores e descobriu que estava grávida após ir ao hospital. A atriz e cantora não explicou se perdeu o bebê de forma espontânea ou decidiu abortar na época.

Apesar do tempo que isso já aconteceu, a celebridade, agora com 35 anos, disse que jamais irá revelar o nome desse produtor, e citou o movimento #MeToo, que as mulheres comentam sobre assédios que receberam de famosos. “Entendo o movimento #metoo, entendo que algumas pessoas se sintam realmente confortáveis com isso, mas eu não. Eu não quero nunca mais encarar essa pessoa novamente’’ comentou ela.

 

Foto Destaque: Reprodução Instagram/ladygaga

Mais Lidas