Esportes

Lateral Patric fala sobre saída do Sport e chegada ao América-MG

10 Nov 2021 - 17h25 | Atulizado em 10 Nov 2021 - 17h25
Lateral Patric fala sobre saída do Sport e chegada ao América-MG

O lateral Patric, falou sobre as acusações da torcida do Sport sobre a sua saída do clube, o jogador foi alvo de alguns torcedores por supostamente ter feito gestos obscenos e disse: “Tentaram plantar uma mentira”.


Patric com a camisa do Sport.(Foto:Reprodução/Twitter)


O jogador que agora defende o América-MG, vai reencontrar o Leão e fala sobre a recente mudança de time. Patric teve duas passagens pelo Sport, contabilizando 150 jogos com a camisa do Rubro-negro, e uma trajetória marcada por conquistas e liderança no elenco onde foi capitão, e uma saída conturbada e turbulenta.

https://inmagazine.ig.com.br/post/Gremio-bate-o-Fluminense-e-ganha-folego-pela-permanencia-na-serie-A

https://inmagazine.ig.com.br/post/Jovem-Torcedor-que-foi-hostilizado-por-torcida-santista-grava-pedido-de-desculpas

https://inmagazine.ig.com.br/post/Paulistao-2022-ja-tem-grupos-definidos-pela-FPF

Nesta quarta-feira (10), o lateral direito estará diante do seu antigo clube agora com a camisa do América-MG, clube que o contratou após sua saída do Sport, conquistada na Justiça do Trabalho.

Em uma entrevista, o jogador comentou pela primeira vez o desfecho da rescisão com o Sport. Patric revela os motivos de ter deixado o clube Pernambucano. A acusação de que teria proferido gestos obscenos ao banco de reservas da própria equipe durante o jogo contra o Corinthians foi o estopim para a separação de relações abaladas com a diretoria do Leão, que vive uma crise marcada por atrasos salarias.

“Acho que o que mais pesou foi o ambiente político, onde tentaram plantar uma mentira, que não era verdade. O diretor, que (Fred Domingos) nem está mais no clube, falou sobre gestos obscenos, que eu direcionei para o banco de reservas, que poderia ser para o treinador, para os meus companheiros, então não era verdade. Tentaram mostrar algo que nunca ninguém mostrou. Só falaram que eu fiz gesto obsceno, mas nunca mostraram nada.”

O jogador também citou o atual momento que vive o Sport e a sua chegada ao América-MG.

“O Sport evoluiu bem. Lógico que é um trabalho difícil, conseguiu resgatar sua força com muitos jogadores jovens: Everton, Juba, Mikael, Gustavo... São atletas que estão se destacando, mas a gente acompanha, torce. O carinho sempre vai existir.”

“Quando cheguei, o América-MG estava em 18ºlugar, e a gente tem configurado na nona, décima colocação. São sete vitórias, sete empates e só três derrotas desde que cheguei.”

 

Foto destaque: Patric em sua chegada ao América-MG. Reprodução/América-MG.