Notícias

Laudo sobre queda de avião com Marília Mendonça deve apontar 'politraumatismo em órgãos vitais' como causa mortis

17 Nov 2021 - 12h00 | Atulizado em 17 Nov 2021 - 12h00
Laudo sobre queda de avião com Marília Mendonça deve apontar 'politraumatismo em órgãos vitais' como causa mortis

O laudo definitivo do Instituto Médico Legal (IML) sobre a queda do avião que vitimou a cantora Marília Mendonça deve ficar pronto em, no máximo, 20 dias. Porém, já é possível adiantar que o documento apontará politraumatismo contuso como causa da morte da artista e de mais quatro pessoas, em uma queda de aeronave ocorrida na última sexta-feira (5). Quem trouxe a informação foi o médico legista Pedro Coelho, do Posto Médico Legal de Caratinga (MG).

Dizer que as mortes foram causadas por politraumatismo contuso significa que as vítimas foram acometidas por uma série de lesões em órgãos vitais de seus corpos, podendo indicar que os falecimentos aconteceram instantaneamente. O médico Pedro Coelho, porém, ressalta a necessidade de esperar pelo resultados de exames complementares, como toxicológico e alcoolemia, para uma conclusão definitiva.

"É preciso descartar ou confirmar, por exemplo, se o piloto ou copiloto passaram mal durante o voo, se tiveram ou não um mal súbito", explicou o médico legista, do Posto Médico Legal, de Caratinga (MG), Pedro Coelho.


Instagram da cantora confirma morte (Foto: Divulgação/Instagram)


O politraumatismo acontece quando o corpo apresenta duas ou mais lesões graves, em órgãos ou partes distintas do corpo. As lesões são causadas por qualquer força externa, sendo ela de origem física ou química.

Quanto maior a força deslocada no momento da colisão, maior é a gravidade daquela lesão no politraumatismo. Porém, por mais que acidentes aéreos sejam gravíssimos ou fatais, devido à altura em que se voa ou à velocidade da aeronave, são os acidentes de trânsito que contabilizam o maior número de eventos com politraumatismo na população.

Gabigol marca seu 191º gol na carreira e alcança Renato Gaúcho em gols oficiais

George Clooney afirma que acidente em Set foi devido a “erros estúpidos”

A Fazenda 13: Dayane rasga a jaqueta de Rico com uma faca

O avião em que estava Marília Mendonça e outras quatro pessoas se deslocava com destino a Caratinga, Minas Gerais, onde a cantora realizaria um show. A cinco quilômetros da pista de pouso, a aeronave, porém caiu em uma cachoeira, vitimando a todos. O velório da artista, que deixa um filho, reuniu cerca de 100 mil pessoas. O acidente está sob averiguação do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

 

Foto de destaque: Divulgação/Instagram