Esportes

Lewis Hamilton revela idolatria por Senna: “Minha maior inspiração”

12 Nov 2021 - 17h37 | Atulizado em 12 Nov 2021 - 17h37
Lewis Hamilton revela idolatria por Senna: “Minha maior inspiração”

Lewis Hamilton, Heptacampeão mundial da Formula 1, utilizou o Instagram na tarde desta quinta-feira (11) para se declarar a Ayrton Senna. Perto de iniciar os treinos livres para o GP de São Paulo, o britânico escreveu um pequeno texto revelando a sua idolatria pelo piloto brasileiro tricampeão mundial Ayrton Senna.


 


“Minha maior inspiração. Era a forma como ele corria, sua paixão pela vida e pelo esporte. Porém, mais do que tudo, foi a maneira como ele enfrentou sozinho um sistema que nem sempre foi gentil com ele. O legado de Ayrton Senna pode viver para sempre, especialmente vibrante neste fim de semana”, escreveu em seu Instagram.

 Em entrevista coletiva, Lewis Hamilton também destacou a sua alegria em estar no Brasil.

 “Tenho um carinho muito grande pelo país, pelo Brasil. É como se fosse meu lar. Quero passar mais tempo aqui. Já fui convidado para passar o Natal aqui, há partes lindas do país e preciso pegar um tempo para conhecer tudo isso. Quando me aposentar, quero passar mais tempo no Brasil, no Rio de Janeiro, por exemplo”, disse o britânico.

 

https://inmagazine.ig.com.br/post/CR7-passa-em-branco-e-Portugal-fica-no-empate-com-Irlanda

https://inmagazine.ig.com.br/post/Marinho-dedica-vitoria-a-menino-santista-jogador-admite-que-usou-sal-grosso

https://inmagazine.ig.com.br/post/13a-rodada-das-eliminatorias-da-Copa-do-Mundo-Brasil-X-Colombia

Foi no Brasil, em 2008, que o piloto da Mercedes conquistou o primeiro dos seus sete títulos mundiais na Fórmula 1. Prestes a disputar mais um GP em Interlagos, no domingo, Hamilton relembrou daquela disputada corrida, que lhe garantiu o troféu da temporada somente na última curva.

 “Hoje mesmo eu vi nas redes sociais um replay daquela parte final da corrida. Consegui reviver aquele momento”, afirmou.

 “Claro que de lá para cá houve uma evolução. Eu tinha 23 anos, era muito jovem. Não acho que desfrutei muito tanto quanto gostaria. Mas, agora com 36, estou muito mais maduro. Estou muito mais consciente do meu ambiente, me conheço muito mais, sei bem quais são os meus valores e as minhas lutas. No final das contas, dentro de mim ainda tem aquele piloto agressivo ambicioso. É uma versão diferente daquele Lewis.”, explicou o Hamilton.

GP de São Paulo

 O Grande Prêmio de São Paulo terá início nesta sexta-feira, com o treino classificatório. No sábado, será realizada a sprint race, que definirá a ordem dos pilotos para a corrida, que ocorre no domingo

 Lewis Hamilton busca a vitória em Interlagos para seguir na briga pelo título. Atualmente, Max Verstappen, da Red Bull, é o líder do campeonato, com 312,5 pontos, seguido pelo britânico, com 293,5.

 

Foto destaque: Lewis Hamilton após vencer corrida. Reprodução/GQ