Esportes

Liga das Nações de Vôlei: França é campeã pela primeira vez

25 Jul 2022 - 13h59 | Atulizado em 25 Jul 2022 - 13h59
Liga das Nações de Vôlei: França é campeã pela primeira vez

A França, atual campeã olímpica de vôlei masculino, conseguiu um novo feito: superou o EUA e venceu, pela primeira vez, a Liga das Nações de Vôlei por 3 sets a 2, no último domingo (24), em Bologna, na Itália. 

Com as parciais de 25-16, 25-19, 15-25, 21-25 e 15-10, a França entra para o grupo seleto de campeões da Liga, que tem apenas quatro edições, ao lado da Rússia, que possui dois títulos e do Brasil, que tem um. Em 2018, os franceses ficaram com a prata e, no ano passado, com o bronze. Os Estados Unidos ficam novamente com a segunda posição, como aconteceu em 2019.

Os franceses foram superior no primeiro set. Aproveitando os erros do time americano, a França abriu uma vantagem e na primeira parada técnica, estavam vencendo por 12 a 6. Sem conseguir evoluir, Os Estados Unidos seguiram cometendo erros, deixando os campeões olímpicos confortáveis para fechar o primeiro set em 25 a 16.

Seguindo a mesma tática de focar nos saques, a França abriu vantagem novamente, marcando 12 a 6 na primeira para técnica. Logo depois, Os Estados Unidos conseguiram encostar o placar, mas os franceses conseguiram fechar o set em 25 a 19, com um ataque de Ngapeth. 

Perdendo por 2 sets a 0, Os Estados Unidos se encontraram no terceiro set. Aproveitando os erros da França, o time americano abriu 8 a 5, e na parada técnica, lideravam o set por 12 a 9, pela primeira vez durante a partida. Com seus saques sendo anulados pelo bloqueio dos Estados Unidos, os campeões olímpicos não conseguiram reagir e perderam o set por 25 a 15.

Mesmo com o quarto set sendo disputado, o time americano conseguiu abrir a vantagem inicial por quatro pontos. A França encostou, mas o saque errado de Ngapeth deu ao Os Estados Unidos a oportunidade de fechar o set em 25 a 21.

No tie-break, as coisas voltaram a se encaixar para os franceses. Aproveitando os dois erros consecutivos dos Estados Unidos, a França abriu 4 a 2. Os americanos tentaram reagir, mas os europeus continuaram com quatro pontos de vantagem e, com mais um erro de ataque dos EUA, venceram o set por 15 a 10, consagrando-se campeões da Liga das Nações. 


 

(Vídeo: Reprodução/Twitter)


A seleção da Polônia conquistou o terceiro lugar, após vencer a Itália por 3 sets a 0, com as parciais de: 25-16, 25-23 e 25-20.  O quarto lugar foi a melhor posição dos italianos na competição.

 

Foto Destaque: Final entre EUA e França. Reprodução/FIVB