Esportes

Lisca deixa futuro em aberto no Sport após ser “demitido” pela torcida

19 Jul 2022 - 10h40 | Atulizado em 19 Jul 2022 - 10h40
Lisca deixa futuro em aberto no Sport após ser “demitido” pela torcida

A entrevista coletiva do técnico do Sport Recife, Lisca, após empate em 0 a 0 contra o Vila Nova, na Ilha do Retiro, em partida válida pela série B do Campeonato Brasileiro, foi muito aguardada. E isso por conta de uma informação de que o técnico estaria acertado para comandar o Santos, que surgiu poucos minutos antes do início da partida.

No entanto, em entrevista coletiva, Lisca negou qualquer acerto com o clube paulista e confirmou que permanece em Pernambuco. Mas não garantiu que fica até o fim da temporada.

“Sou treinador do Sport. Obviamente nego (o acerto com o Santos). Sou treinador do Sport. Estou aqui falando pelo Sport. De onde veio a notícia? Pergunta pra quem deu a notícia. Tem alguma declaração de algum dirigente do Santos? Tem declaração minha? Do meu agente? Obviamente que não (é verdade a saída do Sport)”, iniciou o treinador.

Mais adiante na coletiva, Lisca revelou que recebeu proposta de outros clubes, nenhuma do Santos. Mas que agora, iria analisar.


Técnico Lisca em treino do Sport Recife. (Foto:Anderson Stevens/Sport Club do Recife)


“O mercado do futebol funciona assim. Faz parte. A gente sempre avalia quando chega proposta. E desde que cheguei aqui, recebi três propostas para sair, nenhuma do Santos. Agora vou avaliar. Porque todo mundo falou que chegou uma proposta. Agora vamos ver quando chegar em casa se realmente tem uma proposta”, completou.

Em seu quarto jogo pelo time de Pernambuco, o técnico foi hostilizado e chamado de “mercenário” pela torcida, além disso, foi atingido por um copo de cerveja no caminho para o banco de reservas. Tudo isso pela notícia do possível acerto com o Santos.

“Fui agredido, não sabem qual líquido. Não era cerveja. Era misturado. Jogaram algo que bateu nas minhas costas, acho que um telefone. Alguma coisa voou nas minhas costas”, afirmou antes de dar “razão” a torcida.

“Parece que saiu uma notícia durante o jogo. Eu não entendo isso. Tem que perguntar ao colega de vocês. Criaram um clima aqui. O torcedor fica entre amor e ódio. Imagina sair a notícia no meio do jogo que o treinador está indo embora, que já está acertado. Eu também ficaria puto”, disse. Por fim, Lisca disse que foi “demitido” pela torcida do Sport durante a partida.

“Respeito demais a torcida do Sport. Estava de novo aqui, casa cheia, vibrando. Vaiou quando tinha que vaiar, está insatisfeita como time. E até ficou bom, porque ficou em cima de mim e não dos jogadores, que tiveram tranquilidade pra jogar. Infelizmente a torcida se voltou contra mim no meio do jogo. Vou respeitar esse comportamento, praticamente me demitindo do clube. Hoje fui demitido pela torcida do Sport”, reforçou.

Foto Destaque: Lisca em entrevista coletiva pelo Sport. Anderson Stevens/Sport Club do Recife