Esportes

Liverpool vence o Villarreal de virada e é o primeiro finalista da Champions

03 Mai 2022 - 20h55 | Atulizado em 03 Mai 2022 - 20h55
Liverpool vence o Villarreal de virada e é o primeiro finalista da Champions

O Liverpool chegou ao El Madrigal com uma vantagem de 2-0 construída em Anfield Road na última semana, mas o Villarreal, empurrado por sua torcida esta disposto a estragar a festa dos comandados de Jurgen Klopp.

Logo aos dois minutos, Estupiñán escapou pelo lado esquerdo e cruzou para a área, Capoue resvalou e a bola encontrou Boulaye Dia, que finalizou para o gol.  1 a 0 para os donos da casa e o El Madrigal veio a baixo, como era de se esperar.

A pressão continuou, o Villarreal chegou novamente com um cruzamento de Estupiñán, mas dessa vez para Gerard Moreno que cabeceia na pequena área, mas a finalização é bloqueada por Robertson, e evitou o segundo gol dos donos da casa.

Aos 23 foi Diogo Jota que teve uma grande chance. O Liverpool encaixou um contra-ataque, Arnold lançou o português que ficou próximo da finalização com o goleiro Rulli, mas o zagueiro Albiol se recuperou na jogada e evitou o chute.

O jogo seguia aberto e aos 40 do primeiro tempo, o Capoue foi lançado pela direita, invadiu a área e cruzou para Coquelin vencer Alexander-Arnold no cabeceio e mandou para a rede, era o gol que botava a partida em condições de igualdade, os atuais campeões da Liga Europa estavam há 45 minutos e um gol da classificação à Final.

No intervalo Jürgen Klopp acertou o Liverpool e retornou a campo com Luís Diaz no lugar de Diogo jota, e apesar da primeira chance da etapa ter sido do Villarreal, o Liverpool dominou as ações e aos 9 minutos Alexander-Arnold arriscou de longe, a bola desviou em Coquelin e acertou o travessão.

Aos 11 da segunda etapa Mané puxou um contra-ataque pela direita e cruzou para Luís Diaz que tentou um voleio, mas foi para fora. O Liverpool manteve a pressão e aos 16 minutos, Fabinho tabelou com Salah e invadiu a área do Villarreal, o volante brasileiro bateu cruzado e a bola passou debaixo das pernas de Rulli e entrou. 2x1 no placar, já era suficiente para o Liverpool se classificar.

Aos 21 minutos Alexander-Arnold encontrou Luís Diaz sozinho na área, nas costas da defesa, que cabeceou para o chão e empatou a partida. Essa foi a 18ª assistência de Arnold na temporada e o 4º gol de Díaz pelo Liverpool.

O relógio marcava 28 minutos quando Rulli, goleiro do Villarreal, saiu do gol para tentar interceptar um lançamento para Mané, o atacante driblou o goleiro, passou pelo marcador e caminhou até a área, onde finalizou para o gol vazio. Era o gol que matava o confronto e garantia o Liverpool na final da Liga Dos Campeões de 2022.

O Liverpool chegou ao El Madrigal com uma vantagem de 2-0 construída em Anfield Road na última semana, mas o Villarreal, empurrado por sua torcida esta disposto a estragar a festa dos comandados de Jurgen Klopp.

Logo aos dois minutos, Estupiñán escapou pelo lado esquerdo e cruzou para a área, Capoue resvalou e a bola encontrou Boulaye Dia, que finalizou para o gol.  1 a 0 para os donos da casa e o El Madrigal veio a baixo, como era de se esperar.

A pressão continuou, o Villarreal chegou novamente com um cruzamento de Estupiñán, mas dessa vez para Gerard Moreno que cabeceia na pequena área, mas a finalização é bloqueada por Robertson, e evitou o segundo gol dos donos da casa.

Aos 23 foi Diogo Jota que teve uma grande chance. O Liverpool encaixou um contra-ataque, Arnold lançou o português que ficou próximo da finalização com o goleiro Rulli, mas o zagueiro Albiol se recuperou na jogada e evitou o chute.

O jogo seguia aberto e aos 40 do primeiro tempo, o Capoue foi lançado pela direita, invadiu a área e cruzou para Coquelin vencer Alexander-Arnold no cabeceio e mandou para a rede, era o gol que botava a partida em condições de igualdade, os atuais campeões da Liga Europa estavam há 45 minutos e um gol da classificação à Final.



No intervalo Jürgen Klopp acertou o Liverpool e retornou a campo com Luís Diaz no lugar de Diogo jota, e apesar da primeira chance da etapa ter sido do Villarreal, o Liverpool dominou as ações e aos 9 minutos Alexander-Arnold arriscou de longe, a bola desviou em Coquelin e acertou o travessão.

Aos 11 da segunda etapa Mané puxou um contra-ataque pela direita e cruzou para Luís Diaz que tentou um voleio, mas foi para fora. O Liverpool manteve a pressão e aos 16 minutos, Fabinho tabelou com Salah e invadiu a área do Villarreal, o volante brasileiro bateu cruzado e a bola passou debaixo das pernas de Rulli e entrou. 2x1 no placar, já era suficiente para o Liverpool se classificar.

Aos 21 minutos Alexander-Arnold encontrou Luís Diaz sozinho na área, nas costas da defesa, que cabeceou para o chão e empatou a partida. Essa foi a 18ª assistência de Arnold na temporada e o 4º gol de Díaz pelo Liverpool.

O relógio marcava 28 minutos quando Rulli, goleiro do Villarreal, saiu do gol para tentar interceptar um lançamento para Mané, o atacante driblou o goleiro, passou pelo marcador e caminhou até a área, onde finalizou para o gol vazio. Era o gol que matava o confronto e garantia o Liverpool na final da Liga Dos Campeões de 2022.

Foto Destaque: Fabinho celebrando seu gol na partida. Creditos: Reprodução/Uefa/Twitter