Moda

Lourdes Leon, filha da Madonna, prefere não seguir as tendências dos fashionistas

16 Dez 2021 - 14h30 | Atulizado em 16 Dez 2021 - 14h30
Lourdes Leon, filha da Madonna, prefere não seguir as tendências dos fashionistas

Lourdes Leon, que gosta de ser chamada de Lola, foi a capa da nova edição da Paper Magazine e encarou seu lado do começo do milênio, os anos 2000. Durante a entrevista à revista, Lola, de 25 anos, que desde quando começou a aparecer como artista, demonstra que não gosta de seguir as tendências fashionistas e disse, segundo a Vogue: “Eu sinto que há uma grande falta de estilo pessoal real que não tem a ver com tendências ou TikTok. Porque quando algo está na moda, todo mundo está usando. Ou todo mundo que é ‘fashion’, mas ‘fashion’ para as massas”.


Lourdes Leon para a Paper Magazine (Reprodução/Paper Magazine)


Continuou dizendo: "Por causa do TikTok e das tendências nas mídias sociais, há tantas iterações diferentes da mesma capa ou da mesma coisa... É como seu tudo fosse copiado por todos”.

Uma das tendências que tem feito sucesso hoje em dia e que Leon não usaria: “Não consigo entrar na casualização do blazer. O blazer oversized blazer [três vezes maior que o manequim da pessoa]. Porque eu não sou uma garota de blazer”. Ela citou Hailey Bieber que ama esse estilo.

No editorial, Lola posa com um look muito usado nos anos 2000, com bastante pele à mostra, com biquínis e tops, composto por botas peludas, minissaias e um vestido com as costas totalmente à mostra. Completando o look, uma maquiagem marcada e fosca, combinando com o cabelo loiro, com uma peruca vermelha com franja reta.


Lola posando para a revista (Reprodução/Paper Magazine)


Lourdes continuou dizendo sobre os haters que as pessoas recebem por não seguirem a “moda" de hoje em dia: “Acho que agora é moda, de certa forma. E as pessoas que se vestem inteiramente para si mesmas recebem tanto ódio. Não sei se isso pode voltar agora por causa do que a mídia social fez com a moda, mas acho que é disso que precisa: [ser] baseado no indivíduo e como ele escolhe se vestir e viver suas vidas. Se eles quiserem seguir esse algoritmo de tendência, agora, a moda nunca será legal”.

 

Jerry Hall, aos 65 anos, mostra que idade não importa quando se trata de estilo (ig.com.br)

Conheça mais um pouco sobre a 49º Casa de Criadores, o espetáculo (ig.com.br)

ABNT padronizará o tamanho das roupas femininas, para que cada mulher encontre o seu tamanho ideal (ig.com.br)


Em outro momento da entrevista, ela diz que evita usar as plataformas digitais: “Tenho uma relação complicada com [as redes sociais] porque muitas vezes me faz sentir mal comigo mesma se esse algoritmo fez com que eu só visse pessoas com uma determinada aparência ou que vivessem um determinado estilo de vida, e então vou me comparar com essas pessoas. Isso não é saudável para ninguém”.

 

Foto destaque: Lourdes Leon. Reprodução/Instagram 

Mais Lidas