Money

Lucia Maggi, eleita empresária mais rica do país na lista da Forbes, prova que antiguidade é posto

12 Abr 2022 - 22h37 | Atulizado em 12 Abr 2022 - 22h37
Lucia Maggi, eleita empresária mais rica do país na lista da Forbes, prova que antiguidade é posto

 

Na lista do top dez das maiores fortunas do Brasil aparece o nome de Lucia Maggi, que tem um patrimônio estimado em US$ 6,9 bilhões, o equivalente à R$ 32,3 bilhões. A matriarca da família Maggi está na frente de Luiza Trajano no rol das maiores riquezas, e deixa claro, ao contrario do que o mercado diz, que a experiência de vida adquirida com a idade tem muito valor.

A publicação da revista Forbes norte-americana, em sua edição de 2022, foi a estreia de Lucia Borges Maggi na lista dos cidadãos mais ricos do mundo, ocupando a 350ª. No Brasil, a lista colocou o nome da empreendedora e filantropa entre as dez maiores fortunas, em sua primeira aparição no ranking do prestigiado magazine econômico.

A história da família Maggi no business teve inicio e ganhou notoriedade no mercado do agronegócio no Brasil após a criação do Grupo Amaggi, no município de São Miguel do Sul, no Paraná, em 1977. Fundada por Lucia e Andre, seu esposo, o primeiro nome da companhia foi Sementes Maggi. O casal conseguiu levar a empresa ao patamar das grandes exportadoras de soja do planeta


Sede do Grupo Amaggi, empresa contruida por Lucia Maggi e seu marido André. (Foto/Reprodução: Wikipédia).


A chegada da empresa ao estado do Mato Grosso, dois anos depois de iniciar suas operações, consagrou o ente federativo como paradigma no plantio da soja. Lucia Maggi assumiu como acionista majoritária em 2001, logo depois que André, cônjuge, faleceu.

A companhia da família Maggi mostrou que tinha apetite e a disposição para a expansão da marca. Isso ficou evidente quando agregou valor no seu processo de produção quando além do agricultura da soja, ela também passou a fazer o tratamento das sementes, comercializar insumos agrícolas, operações de logística e produção de energia elétrica.

No mercado do agronegócio brasileiro, em janeiro do ano corrente, o grupo aparecia na 13ª colocação na lista das 100 maiores empresas do nicho. A Forbes também indicou uma receita de R$23,51 bilhões. Lucia exerce na empresa um cargo de consultoria no Conselho de Administração da firma.

A influencia da família Maggi ultrapassou a fronteira empresarial e chegou a politica através de seu filho, o engenheiro agrônomo  e empresário, Blairo Maggi, que assumiu o cargo de misistro da Agricultura Pecuaria e Abastecimento da gestão de Michel temer. Antes de ocupar o cargo no Ministério, Blairo, foi eleito governador do Mato Grosso por 2 mandatos seguidos, e também se elegeu senador da República. É um dos acionistas da empresa da família.

O expertise nos mundo do agronegócio transformou o filhho da dona Lucia em rei da soja, sendo considerado pela Forbes como uma das pessoas mais influentes do mundo. Por tudo isso sofreu muitas críticas de entidades ambientais.