Notícias

Lula segue na frente em pesquisas após publicação da Modalmais/Futura

26 Jan 2022 - 20h27 | Atulizado em 26 Jan 2022 - 20h27
Lula segue na frente em pesquisas após publicação da Modalmais/Futura

Nesta quarta-feira, uma pesquisa de intenção de voto, realizada pela empresa Futura Inteligência - financiada pelo banco Modalmais -, reafirmou a liderança do ex-presidente Lula. Como vem mostrando as últimas pesquisas eleitorais, o petista ocupa o topo da disputa, desta vez anotando 36% das intenções de voto.

Em segundo lugar, permanece o atual presitente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, com 31,4% das intenções de voto. Ele é seguido por um dos seus maiores desafetos da atualidade: o ex-juiz da Lava Jato Sergio Moro, que já foi ministro da Justiça e Segurança Pública do governo Bolsonaro, com 8,5%.


Geraldo Alckmin negocia para ser vice de Lula (Foto: André Luiz D. Takahashi)


Atrás de Lula e Bolsonaro, vêm os políticos que buscam ser uma alternativa ao governo diuturno e ao governo que houvera comandado o País por oito anos. Sergio Moro encabeça a lista, que tem ainda Ciro Gomes, que anotou 5,6% e, bem distante, o governador do estado de São Paulo, João Doria.

Falando do segundo turno, o ex-presidente petista, Luiz Inácio Lula da Silva, é o candidato invencível, segundo a pesquisa do Modalmais/Futura. Ele venceria todos os candidatos, com 50,4% sobre 37,8% de Jair Bolsonaro. A maior margem atingida pelo petista foi em 50,5% contra 14,8% de João Doria. Contra o ex-juiz Sergio Moro, a disputa foi mais acirrada: com 48,6% a 28,8% se ensaiou a vitória de Lula.

Já por parte de Jair Bolsonaro, a missão é mais difícil. O capitão reformado do Exército Brasileiro venceria, tendo boa margem, no segundo turno, o Governador de São Paulo, João Doria, do PSDB.

Já ao duelar contra o ex-governador do estado do Ceará Ciro Gomes o presidente Jair Bolsonaro não teve vida fácil, aliás extremamente difícil, mas venceu, dentro da margem de erro, anotando 40,6% a 39,1% do pedetista. Contra o seu ex-ministro Sergio Moro a briga também foi boa, marcando 36,9% contra 33,7% do lavajatista.

 

Foto de destaque: Lula Marques/Agência PT