Notícias

Luz no fim do túnel – Diretor Geral da OMS diz que pandemia deve terminar em 2022

21 Dez 2021 - 16h18 | Atulizado em 21 Dez 2021 - 16h18
Luz no fim do túnel – Diretor Geral da OMS diz que pandemia deve terminar em 2022

Diretor geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, trouxe esperança com sua declaração sobre o fim da pandemia, que já matou mais de 5,6 milhões de pessoas mundialmente.


Tedros Adhanom Ghebreyesus diretor geral da Organização Mundial da Saúde (Foto: Reprodução/Christhopher Black/OMS/Reuters)


“2022 deve ser o ano em que nós acabamos com a pandemia.” Declarou Tedros a repórteres em Geneva.

O diretor da OMS pediu para que o mundo se una e não meça esforços para acabar com a pandemia de Covid-19 dentro do próximo ano.

Com as festividades de fim de ano se aproximando, Tedros diz reconhecer que “todos queremos comemorar com nossos amigos e familiares. Todos queremos voltar ao normal.”

Para isso ele afirma que nós precisamos nos proteger principalmente agora em que casos da variante Omicron estão cada vez mais em alta.

Desde que surgiu na Africa do Sul em novembro, a variante Ômicron já está presente em vários países, porém com grande esperança de que o pior da pandemia já acabou.

Apesar da preocupação a variante Ômicron não é mais severa do que a variante Delta, mas certamente é um fator que vem causando tensões. A Ômicron em estudos recentes mostrou que tem uma transmissibilidade maior e causa muita preocupação com sua resistência as vacinas.

Com casos crescentes, Tedros ainda enfatizou “que seria melhor o cancelamento de eventos agora e festejar depois, do que festejar agora e sofrer com o luto depois.”

“Precisamos focar agora em acabar com essa pandemia.”

O diretor da OMS insistiu que seria possível parar a pandemia, mas disse que isso iria exigir que todos usassem os meios disponíveis para isso, variando de vacinação para o uso de máscaras e o distanciamento social.

 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Omicron-ja-causa-cancelamentos-Celebracao-do-Ano-Novo-e-cancelada-em-Londres 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Boris-Johnson-fala-em-maremoto-da-variante-omicron-e-promete-doses-de-reforco 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Coreia-do-Norte-proibe-demonstracoes-de-alegria 


E talvez o mais importante para que o término da pandemia ocorra, o mundo precisa acabar com a desigualdade gritante de acesso as vacinas.

“Se nos queremos acabar com a pandemia no próximo ano, nós devemos acabar com essa desigualdade,” afirmou Tedros.

Foto Destaque: Tedros Adhanom Ghebreyesus. Diretor geral da Organização Mundial de Saúde.   Reprodução/ Fabrici Cofrini/AFP