Celebridades

‘Marília Maravilha’: cartunistas homenageiam Marília Mendonça em exposição virtual

09 Nov 2021 - 15h00 | Atulizado em 09 Nov 2021 - 15h00
‘Marília Maravilha’: cartunistas homenageiam Marília Mendonça em exposição virtual

Em homenagem à cantora Marília Mendonça, que faleceu em um acidente aéreo na última sexta-feira (6), o portal Festanejo lançou a exposição online ‘Marília Maravilha’, em parceria com a Associação dos Cartunistas do Brasil. Celebrando a carreira e o legado da cantora, o projeto reúne artes de cartunistas de ao redor do Brasil, tendo nomes como Alex Ponciano em seu acervo. A exposição está disponível desde segunda-feira (8) no site do Festanejo.

https://inmagazine.ig.com.br/post/Morre-cantora-Marilia-Mendonca-em-acidente-de-aviao

https://inmagazine.ig.com.br/post/Marilia-Mendonca-participou-de-um-ensaio-de-fotos-para-a-capa-da-ForbesLife-Fashion

https://inmagazine.ig.com.br/post/Marilia-Mendonca-e-eleita-cantora-do-ano-pelo-premio-multishow-2021-sem-precisar-de-votos

“Marília Mendonça já havia virado caricatura em nossa exposição do ano passado sobre a música sertaneja”, conta o presidente da Associação dos Cartunistas do Brasil, JAL Lovetro. “Mas, logo que os cartunistas souberam da triste notícia, começaram a publicar em suas redes sociais caricaturas e cartuns sobre a maior cantora da sofrência e empoderamento das mulheres. Então, aqui fica essa singela homenagem nos traços dos cartunistas brasileiros.”

 

Homenagem de Alex Ponciano à Marília Mendonça. (Foto: Reprodução/Alex Ponciano/Festanejo)

 

Um dos maiores nomes do sertanejo nacional e precursora do ‘feminejo’ - subgênero do sertanejo que enfatiza a experiência feminina -, Marília Mendonça teve seu primeiro contato com a música cantando na igreja. Aos 12 anos, começou a compor suas próprias músicas, e mais tarde passou a escrever para grandes nomes da indústria, como Wesley Safadão, Matheus & Kauan e Cristiano Araújo. 

A artista começou como cantora em 2014, com um EP que leva seu nome. Em 2016, com o lançamento do DVD ‘Marília Mendonça: Ao Vivo’, a artista ganhou visibilidade nacional com a canção ‘Infiel’, que lhe concedeu o certificado de tripla platina por 240 mil cópias vendidas. Desde então, consolidou-se como uma artista proeminente na música brasileira, coroada “rainha da sofrência” e agraciada com prêmios como o Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Sertaneja.

 

Caricatura por Armando Marcos na exposição 'Marília Maravilha'. (Foto: Reprodução/Armando Marcos/Festanejo)

 

No dia 5 de novembro, Marília foi vítima de um acidente de avião aos 26 anos em Piedade de Caratinga, Minas Gerais, para onde a cantora viajava para um fim de semana de shows no estado. O acidente ocorreu por volta das 15h30. Além de Marília, o piloto, copiloto, o seu produtor Henrique Ribeiro e o seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho também vieram ao óbito. 

No sábado (6), familiares e amigos próximos de Marília Mendonça se despediram em um velório que aconteceu em Goiânia.

 

Foto destaque: Marília Mendonça. Reprodução/Instagram e Anderson Junior/Festanejo.

Mais Lidas