Saúde e Bem Estar

Média móvel de covid segue em queda há 6 dias no Brasil

09 Mar 2022 - 19h43 | Atulizado em 09 Mar 2022 - 19h43
Média móvel de covid segue em queda há 6 dias no Brasil

Com mais de 650.000 mortes e um total de 29 milhões de casos registrados, o Brasil registra redução de casos de infecção nos últimos 6 dias com 518 mortes até esta terça-feira, 8 de março. Com uma média recente de 460 registros, a última semana aponta tendência de queda comparado aos números de 14 dias atrás, uma diferença de 43% a menos de registros, segundo o G1.

Diferente do início do ano onde foram registrados 188 mil casos diários, onde o país mostrava o indicador de 96 mil infectados, agora consta com 47 mil.


Pessoas no metrô (Foto: Reprodução/Pixabay)


Para saber como calcular a média móvel, basta somar a quantidade casos do dia com o total de casos dos últimos 7 dias, dividir por 7 e comparar esse total ao dia mais recente. Comparado ao dia de referência, se o valor for acima de 15% é considerado um aumento de casos, se variar para +15% ou -15%, é estável, e se abaixo de 15% é tido como diminuição.

Para calcular a mudança da média móvel, ou seja, se há queda ou crescimento, é utilizado o período de 14 dias de incubação do vírus. Se a média desse cálculo resultar em 15% é considerada estabilidade na propagação, usando o mesmo raciocínio da média móvel de 7 dias. Dessa maneira é possível saber por com clareza em quais regiões os casos podem estar mais controlados, permitindo a flexibilização do uso de máscaras em lugares fechados, como o recente decreto do Governo do Estado em 03 de março ou onde são necessárias maiores medidas restritivas.

O levantamento dos dados a nível nacional está sendo elaborado através do inédito consórcio feito entre os veículos de imprensa, sendo o Globo, Extra, Folha de São Paulo, UOL, G1 e O Estado de São Paulo. Os números são fornecidos pelas secretarias estaduais de saúde.

É possível acompanhar a atualização dos dados através do portal G1 no link

 

Foto Destaque: Mulher de máscara. Reprodução/Pixabay

Mais Lidas