Saúde e Bem Estar

Média móvel de mortes por Covid-19 sofre queda de 32%

25 Abr 2022 - 17h00 | Atulizado em 25 Abr 2022 - 17h00
Média móvel de mortes por Covid-19 sofre queda de 32%

Com o início da pandemia do vírus da Covid-19 o Brasil teve o total de 30.349.463 casos, com 662.891 mortes registradas desde então. Nas últimas 24 horas o total de casos no país foi de 3.543.

Novos registros atualizados neste domingo (24), informam-se que o Brasil apresentou 38 novas mortes pelo vírus da Covid, o que totaliza em 662.701 óbitos desde o início da pandemia no país. Dessa maneira, a média móvel no período de 7 dias foi de 99 novos casos. Apesar de números tão altos, em comparação à duas semanas , houve uma queda de -32% no índice de mortes. 



17 estados apresentaram queda no índice de óbitos, foram eles: RJ, RS, SC, ES, SP, GO, MS, MT, RO, AL, BA, CE, MA, PE, PI, RN, SE e incluindo o DF. Cinco estados apresentaram estabilidade: PR, MG, AC, AM, AP, TO e RR. Apenas dois estados apresentaram alta: PA, sendo o único do Norte, e PB, sendo o único do Nordeste nessas posições.

Os gráficos apresentando quedas é um alívio para toda população. Desde o início da pandemia muitos sofreram com perdas e o Brasil está tentando caminhar para estabelecer um controle sobre o vírus da Covid-19. Visto isso, é possível acompanhar a evolução com a maior proteção que o brasileiro pode ter, a vacina. 

Desde o início da campanha de vacinação 82,12% da população total e 88,15% da população vacinável (5 anos ou mais) se vacinou com a primeira dose e 75,68% da população total e 81,23% da população vacinável (5 anos ou mais) se vacinaram com a segunda dose + dose única. A dose de reforço não possui dados de porcentagem alta, sendo apenas 38,65% da população total. Todos os dados apresentados são atualizados diariamente. Os dados foram divulgados pelas secretarias estaduais de saúde e disponilibilizados pelo portal g1.


(Foto: Reprodução/Soc. Brasileira de Imunizações)


Para informações e dúvidas, a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) disponinilizou esse post. 

Foto Destaque: Reprodução/iStock/Getty Images