Saúde e Bem Estar

Medicina integrativa a importância e benefícios à saúde mental

30 Jan 2022 - 14h23 | Atulizado em 30 Jan 2022 - 14h23
Medicina integrativa a importância e benefícios à saúde mental

Desde o início da pandemia em 2020, as pessoas do Brasil e do mundo, sofrem com problemas que influenciam diretamente à saúde mental. 

Não foi apenas o medo e o isolamento que foram trazidos pela Covid-19, é visível o aumento de ansiedade, deficit de atenção e depressão. As pessoas que já apresentavam algum problema psiquiátrico, tiveram aumentadas as chances de contrair o coronavírus e esta situação despertou a importância de cuidar do corpo e da mente.  

Segundo informações da Organização Mundial de Saúde (OMS), apesar dos investimentos neste setor, houve uma falha global em relação a assistência psíquica e emocional aos que necessitam. É preciso ainda percorrer um longo caminho, para que a saúde mental de todos tenha acessibilidade aos cuidados necessários, como informa o atlas da OMS. 

Foi dedicado à medicina integrativa internacionalmente, o dia 23 de janeiro e por coincidência, janeiro é o mês de conscientização das questões do bem-estar emocional e é chamado de Janeiro Branco.


Os florais. Tratamento da medicina integrativa. Foto: Reprodução / site metropoles.com


A medicina integrativa abrange problemas físicos e emocionais, procurando integrar todos os pontos do indivíduo. Mescla seu tratamento com o da medicina tradicional e eleva assim à qualidade de vida e minimiza efeitos colaterais das medicações. Apresentando bons resultados, pode reduzir e até mesmo obter a suspensão de doses de medicamentos, claro que tudo avaliado e supervisionado em conjunto com a medicina tradicional. Esses tratamentos são complementares nas doenças apresentadas pelas pessoas, inclusive as psíquicas. A procura por tratamentos integrativos tem aumentado, as pessoas tem procurado o alívio de doenças como ansiedade e estresse, até porquê, eles são gatilhos para piora das doenças físicas. 

As doenças podem causar alguns tipos de complicações psicológicas como a depressão e a ansiedade. A medicina integrativa, composta de vários tipos de tratamento, age de forma direta, cuidando da saúde mental dos pacientes. Disponibilizando diversos tipos de tratamentos como, massagens, florais, acupuntura, aromaterapia, fitoterapia, homeopatia, yoga, meditação, alimentação, entre outros, a medicina integrativa tem uma importância significativa e benéfica à saúde mental das pessoas. 

 

Foto destaque: Meditação. Reprodução / Revista medicinaintegrativa.com

Mais Lidas