Notícias

Mesmo revogada o Bolsa Família ajudou a reduzir a pobreza

30 Out 2021 - 12h42 | Atulizado em 30 Out 2021 - 12h42
Mesmo revogada o Bolsa Família ajudou a reduzir a pobreza

O Conselho de Monitoramento de Políticas Públicas, coordenado pelo Ministério da Economia avaliou o programa e chegou a  conclusão que mesmo sendo reduzido o bolsa família colaborou para evitar a pobreza extrema de muitas famílias.

O programa foi substituído pelo novo Auxílio Brasil, e em sua avaliação de desempenho constatou se que “conseguiu com sucesso reduzir a pobreza no Brasil de modo significativo".


Ministro da Economia idealizador do Auxilo Brasil (Foto: Reprodução/Fabio Pozzebom)

 


 

O Bolsa Família é o maior programa de transferência de renda do mundo, e na avaliação foi considerado que "se destaca positivamente como um dos programas com a melhor focalização, com um baixo erro de inclusão e exclusão em termos relativos" e gerou um efeito positivo sobre educação e saúde de crianças e adolescentes.

 

Em relação à pobreza apesar de ter apresentado impactos positivos, o bolsa família apresentou uma performance média, então para garantir o sucesso do programa em relação a pobreza o Conselho recomendou valorizar (aumentar) os benefícios e preservar o seu valor real ao longo do tempo (correção pela inflação); além de reduzir os "erros de exclusão" (pessoas com direito ao benefício, mas que acabam excluídas).

 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Taxa-de-desemprego-apresenta-leve-recuo-no-Brasil

https://inmagazine.ig.com.br/post/Arrecadacao-Federal-alcanca-a-estimativa-de-alta-em-129-otimizando-R149-bilhoes-e-bate-recorde-em-setembro

https://inmagazine.ig.com.br/post/Lockdown-apenas-para-nao-vacinados-entra-em-discussao-na-Austria

 

O Auxilio Brasil recebeu muitas críticas de analistas que declararam preocupação e avaliaram que o novo programa inverte a lógica do benefício, ao contrário do bolsa família que incentivaram as famílias a colocarem os filhos na escola.

 

O Auxílio Brasil funcionará como voucher para ingressos em creches particulares e além dos pais estarem empregados formalmente, ou seja, muitas famílias que precisarão de ajuda nesta pandemia ficarão sem o auxílio devido a grande quantidade de desempregados no país.

 

Márcia Lopes, professora da Universidade Estadual de Londrina e ex-ministra de Desenvolvimento Nacional e Combate à Fome,declarou que se aprovado o Auxílio Brasil substituirá um programa consistente como o bolsa família para algo duvidoso.

 

Foto destaque: Cartão Bolsa Familia. Reprodução/Agencia Brasil

Mais Lidas