Exclusivas

Meta realiza evento de games para discutir futuro do Metaverso

25 Jan 2022 - 13h08 | Atulizado em 25 Jan 2022 - 13h08
Meta realiza evento de games para discutir futuro do Metaverso

A Meta começou hoje (25) um evento com duração de três dias em que está se reunindo com empresas do ramo de games para discutirem sobre o futuro do Metaverso. 

A dona do Facebook convocou grandes nomes do setor da indústria de jogos como diretor de tecnologia da Epic Games, Kim Libreri; o chefe de desenvolvimento da Nvidia, Richard Kerris; e o CEO da Roblox, Dave Baszucki, tudo isso junto de sua parceria com a VentureBeat, que produz conteúdo sobre tudo dentro do universo dos games. 


Futuro do Metaverso. (Foto:Reprodução/Facebook)


Desde o surgimento da Meta em outubro do ano passado, a proposta era uma imersão total no Metaverso em todas as possibilidades de experiências, trazendo essa realidade futurística para a rotina das pessoas. E isso se expande não somente em questões financeiras como transações bancárias ou compras e vendas online, mas também abrangendo a indústria dos games, ampliando inclusive as funções dos jogos para além do entretenimento, habilidades, e até a forma de jogabilidade. 

Logo, para a expansão e criação do universo compartilhado é necessário somar players e manter o interesse ativo para os promissores financiamentos, parcerias, estratégias, ideias, e tudo de revolucionário que possa vir com a implementação do Metaverso. E é exatamente esse o motivo da evento com as empresas convidadas realizada pela Meta nesses três dias. 

Vale lembrar que o Facebook já tem uma plataforma de jogos chamada Facebook Gaming, onde gamers e entusiastas realizam transmissão de suas jogadas e plays ao vivo, além de outros conteúdos também publicado pelos streamings. O Facebook Gaming tem como concorrentes plataformas como a Twitch, da Amazon (atualmente a maior plataforma de gamers do mundo) e o próprio Youtube Gaming, do Youtube. Há também outros concorrentes indiretos, já que estão em uma escala de menor dimensão comparada com as outras citadas, como: Booyah, Nimo TV, GosuGamers, Afreeca TV, entre outras. 

 

Imagem Destaque: Empresa Meta. Reprodução/Facebook