Tech

Microsoft intercepta ataque hacker por espiões russos

11 Abr 2022 - 17h47 | Atulizado em 11 Abr 2022 - 17h47
Microsoft intercepta ataque hacker por espiões russos

A empresa de tecnologia americana Microsoft divulgou que interrompeu tentativas de ataques hackers por espiões militares russos, segundo a empresa os alvos do ataque seriam sistemas ucranianos, alvos da União Europeia e dos Estados Unidos. A Microsoft disse que não conseguiu identificar os alvos do ataque pelos nomes.

A Microsoft disse que um grupo conhecido como “Strontium” usava sete domínios de internet como parte de um plano de espionagem de órgãos governamentais e grupos de estudos tanto na União Europeia quanto nos Estados Unidos, além de alvos ucranianos, como instituições e organizações de mídia.


Várias tentativas de ataque hacker por parte da Rússia foram relatadas desde as sanções contra o país (Foto:Reprodução/OGlobo)


A empresa americana costuma apelidar grupos de hackers ligado à agência de inteligência militar da Rússia de Strontium, e já foi constatada diversas tentativas de ataques hackers contra a Ucrânia desde que as forças russas invadiram o país, em fevereiro.

Os países da União Europeia e os Estados Unidos já têm a expectativa de que a qualquer momento podem sofrer um ataque hacker por parte dos russos, os países esperam que um possível ataque seja uma represália em razão das sanções econômicas impostas à Rússia.

Um ataque hacker dessa magnitude é capaz de paralisar um grande setor, uma empresa e até mesmo um governo, segundo o editor executivo do MIT Technology Review Brasil, Rafael Coimbra, em entrevista à CNN “as consequências de um ataque militar hacker podem ser mais graves do que um míssil a uma estação de eletricidade, causa o mesmo efeito sem dano material”.

O trabalho de blindagem contra ataques cibernéticos, de acordo com o editor executivo, envolve programas para detecção de ameaças, correções rápidas de sistemas operacionais e conscientização de funcionários e cidadãos, como uso de senha com autenticação de dois fatores.

Foto destaque: Tentativa de ataque hacker foi interceptado pela Microsoft Reprodução/DiarioNoticias

Mais Lidas