Moda

Moda fetiche vira febre nos tapetes vermelhos

02 Mai 2022 - 20h58 | Atulizado em 02 Mai 2022 - 20h58
Moda fetiche vira febre nos tapetes vermelhos

A moda fetiche está totalmente em alta entre os tapetes vermelhos. Um estilo que mistura a sensualidade com roupas de látex e couro, acessórios como coleiras e amarrações são as mais novas paixões entre as famosas. Os looks mais sexys estão chamando atenção nas principais premiações. 

Alguns analistas nomearam o estilo como “fetischore”, pois está associada ao BDSM, que é um conjunto de práticas do erotismo incluindo sadismo, bondage, masoquismo e dominação. Uma das pioneiras na ascensão dessa moda é a atriz Julia Fox, que coloca a sua antiga profissão de dominatrix presente nas composições dessas peças.  

Julia foi fotografada por paparazzis utilizando couro, que a vestia, literalmente, o corpo inteiro, tendo uma gola de látex em forma de mão, que dava a impressão de estar sufocando-a. O registro foi feito após o Oscar da Vanity Fair.


Julia Fox (Foto: Reprodução/L'officiel)


A cantora Dua Lipa também aderiu a essa moda, após usar aquele belíssimo vestido no Grammy, que gerou muitos comentários sobre como ela conseguiu replicar perfeitamente a peça que foi sucesso em 1992. Peças e acessórios nesse perfil estão sendo trazidos para as passarelas em 2022 pelas mãos de Vaquera, Richard Quinn e Coach. 

Os looks da moda fetiche estão voltando à tona e ainda mais forte. Mas, na verdade, o estilo já era utilizado na década de 80. Madona e Martin Gore alavancaram a tendência em meio a cultura pop. Ambos usavam peças realizadas em couro e lingeries, quebrando diversos padrões da época. 

Já na década de 2000 – mais precisamente em 2010 – as irmãs Kardashians, Rihanna e Lady Gaga vieram com roupas completamente feitas no látex e arrasaram nos tapetes vermelhos no período. 

Especialistas explicam que a moda ”fetischore” está em alta novamente por diversos motivos, o mais destacado entre eles é a maneira como as roupas trazem um ar de liberdade, sexualidade e identidade às mulheres. Dessa maneira, o público feminino demonstra alguns dos seus diversos poderes, retratando-os através das roupas.  

Foto destaque: Lady Gaga. Reprodução/Livingly