Notícias

Morte de tesoureiro do PT tem inquérito concluído

15 Jul 2022 - 09h20 | Atulizado em 15 Jul 2022 - 09h20
Morte de tesoureiro do PT tem inquérito concluído

O caso que aconteceu em Foz do Iguaçu no oeste do Paraná chega tem seu desfecho concluído segundo a polícia.

A polícia civil concluiu no dia de ontem quinta-feira (14), de acordo com a própria corporação inquérito do homicídio que culminou na morte do guarda Municipal Marcelo Arruda.



Morte de Tesoureiro do PT/ (Foto:Reprodução/Yahoo)

 

Marcelo Aloizio de Arruda tinha 50 anos e morreu na madrugada do último domingo dia 10 após ser baleado na sua própria festa, foi levado ao Hospital Municipal, mas, não resistiu aos ferimentos.

O fato aconteceu no estado do Paraná, o atirador também foi baleado. Apoiadores e população de um modo geral colocaram-se em questão sobre o acontecimento, isso porquê Marcelo fazia parte do grupo político PT, liderando como tesoureiro, a polícia segue investigando. O Secretário de Segurança Pública de Fiz do Iguaçu Marcos Antônio Jahnke n'outro tempo lamentou a morte do guarda municipal, tratou como Intolerância Política, porém, as circunstâncias do ato até o presente tratava - se de investigação. Na noite de domingo (dia que aconteceu) o Presidente Jair Messias Bolsonaro (PL) se manifestou pedindo apuração. Marcelo deixa esposa e quatro filhos.

Marcelo Arruda foi baleado enquanto comemorava festa de aniversário, e Guaranho o Policial acusado de tal homicídio foi baleado. Já foi decretada prisão do praticante, o então policial penal federal que está internado em estado grave e a qualquer momento pode ser preso.

Ainda, nas investigações segundo a polícia 17 pessoas foram ouvidas, totalizando familiares do guarda municipal e do policial penal além dos presentes no local do crime foram assistidas. Até o fechamento da matéria, investigadores noticiaram que as câmeras de segurança das proximidades estão em avaliação, afirma polícia. 

O Secretário de Segurança Pública, Wagner Mesquita, a Delegada Chefe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, Camila Cecconello, a Delegada da Delegacia de Homicídios de Foz do Iguaçu, Iane Cardoso, e o Promotor de Justiça da GAECO Tiago Lisboa, devem trazer mais esclarecimentos hoje em coletiva.

Foto Destaque: Morte de Tesoureiro do PT tem inquérito concluído. Reprodução/ Yahoo.