Notícias

Não há indícios de sobreviventes do acidente aéreo na China, segundo autoridades locais

22 Mar 2022 - 15h30 | Atulizado em 22 Mar 2022 - 15h30
Não há indícios de sobreviventes do acidente aéreo na China, segundo autoridades locais

Uma aeronave de modelo Boeing 737-800 da China Eastern Airlines caiu nesta segunda-feira (21), no sul da China. A aeronave transportava a bordo 132 pessoas de Kunming para Guangzhou, informou a agência de aviação civil do país. Ainda não há informações sobre o estado de saúde das pessoas envolvidas na queda.

O Boeing sobrevoava a cidade de Kaunming, capital da província de Yunnan, com destino a Guangzhou, capital de Guangdong, que faz fronteira com Hong Kong. Não houve notícias imediatas sobre o que teria causado a queda da aeronave.

Segundo a TV estatal da China, o acidente ocorreu em Guangxi, em uma região montanhosa. Apesar do acidente, a aeronave tinha um bom histórico de segurança de voo, ainda de acordo com a agência de aviação chinesa. Vale lembrar que em 2006, no Brasil, o Boeing de modelo igual ao que caiu na China também causou acidente em terras brasileiras.


Presidente da China pediu que investigadores desvendem o motivo da queda Foto destaque:Reprodução/Twitter



Ainda segundo a mídia local, uma operação de resgate foi montada na região. Um incêndio foi gerado por conta da queda do avião, liberando muita fumaça sobre o local. Segundo a mídia chinesa, uma autoridade de resgate afirmou que o avião se desintegrou. Não houve ainda informações de sobreviventes.

Do total de pessoas na aeronave, nove fazem parte da tripulação. O acidente ocorreu por volta de 14h30 no horário local (aproximadamente 3h30 em Brasília). Fotos e vídeos do incêndio gerado pela queda do avião foram publicados nas redes sociais, causando comoção dos internaltas. O voo MU5735 saiu de Kunming às 13h11, horário local (2h11, no horário de Brasília) e estava programado para chegar a Guangzhou às 15h05.

Sites de rastreamento de voos mostram que o avião ficou no ar por pouco mais de uma hora e estava se aproximando de seu destino. De acordo com os dados do FlightRadar24, as últimas informações obtidas sobre o voo mostraram que às 14h22 (horário local) sua altitude era de 982 metros.

Em declaração, a companhia aérea responsável pelo voo confirmou o acidente. “Podemos confirmar que o avião caiu”, disse a China Eastern Airlines, acrescentando detalhes de uma linha direta para familiares das vítimas. O último acidente aéreo na China aconteceu em 2010, quando 44 pessoas morreram. A aviação no país é considerada uma das mais seguras do mundo. 

Foto destaque: reprodução/[email protected]