Tech

Nestlé lança plataforma para conectar maiores de 50 anos aos games

16 Abr 2022 - 13h05 | Atulizado em 16 Abr 2022 - 13h05
Nestlé lança plataforma para conectar maiores de 50 anos aos games

A idade ainda é um dos grandes estereótipos relacionados ao mundo dos games. Porém, por pesquisas no setor e iniciativas de algumas empresas isso vem sendo desconstruído. O número de jogadores de 55 a 64 anos cresceu 32% no mundo nos últimos anos, segundo a Global Web Index (GWI).

Como forma de conectar com esse público, a Nestlé, empresa, basicamente alimentícia, por meio da marca Nutren Senior, contratou a consultoria gamer chamada eBrainz, que desenvolveu algumas análises de mercado e estudo.

Com ela, constatamos a participação do público 50+ dentro do universo de games e entendemos que temos espaço para trabalhar esse público através dos jogos”, explica Renato Marques, Head de E-Business da Nestlé Health Science.


Nestlé é uma das mais famosas marcas de produtos alimentícios (Foto:Reprodução/MindMiners)


E o resultado disso?

O resultado foi o desenvolvimento de uma plataforma com serviços conhecimento de saúde e suporte nutricional. O foco nessa primeira fase será no público com mais de 50 anos de Nutre Senior, com experiências personalizadas e que evoluem conforme o aumento do nível de utilização. Serão desbloqueados benefícios como descontos exclusivos nos produtos Nutren e acesso, por três meses, à Plataforma de Bem Estar para cada etapa conquistada.

O executivo reforça que o investimento em entender a linguagem gamer se deu, principalmente, focado na produção e criação de novos modelos de negócios.

“Através de estudos e pesquisas, identificamos que o público sênior é bem ativo nos jogos. Por isso, entendemos que os games possibilitam à marca Nutren contribuir para o melhor envelhecimento (cognitivo e físico). Por isso, eles foram disponibilizados na nova plataforma. Através dessas interações, vamos conseguir aproximar a marca do gamer, contribuindo também para entendermos alguns aspectos de interesse e consumo deste target.”

“Quando falamos de games, precisamos pensar em diversos públicos pertencentes à comunidade gamer. Desta forma, conseguimos conectar as mais distintas marcas a todos os tipos de públicos. Majoritariamente, gamers casuais, assim como os sêniores, usam os jogos como distração. Junto com a televisão, o celular representa uma companhia, além de ocupar momentos livres do dia”, complementou ele.

 

Foto Destaque: Reproduçao/Exame.