Cinema/TV

Netflix pretende lançar filmes em salas de cinema exclusivamente por 45 dias antes de chegarem no streaming

19 Mai 2022 - 21h20 | Atulizado em 19 Mai 2022 - 21h20
Netflix pretende lançar filmes em salas de cinema exclusivamente por 45 dias antes de chegarem no streaming

A Netflix está estudando a possibilidade de seguir o modelo de distribuição de filmes no modelo mais tradicional. O serviço, que hoje distribui seus filmes diretamente na plataforma, está conversando com grandes redes de cinema ao redor da América do Norte. O intuito das conversas é a possibilidade de lançar alguns de seus filmes em salas físicas de cinema, ficando em cartaz por 45 dias antes de estrear no catálogo do streaming, de acordo com a Bloomberg.

Dos futuros projetos dois deles poderão servir como um teste para o novo modelo: Entre Facas e Segredos 2, continuação de um filme de Ryan Johnson de 2019; além deste, Bardo, uma nova produção do premiado Alejandro Gonzales Iñárritu, de filmes como O Regresso e Birdman.

Algum tempo no passado, a Netflix lançou alguns filmes em seletos cinemas pelos Estados Unidos, especialmente com a intenção principal de levar eles ao Oscar. No entanto, nenhum filme produzido pela plataforma foi exibido na AMC e na Cineworld, as duas maiores redes da região.

Este modelo de exibição nos cinemas antes de entrarem nos streamings já é bastante conhecido pelo público, principalmente pelas plataformas interligadas a grandes estúdios de Hollywood, como o Disney+ e o HBO Max.


Filmes lançados somente nas plataformas de streaming não poderão concorrer ao Oscar (Foto:reprodução/GShow)


Somente filmes lançados em salas de cinema estarão no Oscar

A notícia do novo modelo da Netflix vem a público logo após a Academia de Artes Cênicas e Cinematográficas emitir uma nota, informando que não aceitará mais na premiação filmes lançados apenas para os streamings.

A nova regra não proíbe que filmes lançados em plataforma de streamings concorram ao Oscar, porém ela retoma a obrigatoriedade que existia de que estes filmes cumpram um tempo de exibição pré-determinado nas salas de cinema. Em filmes como o Irlandês e Roma, filmes que concorreram ao Oscar antes da pandemia, este método foi utilizado.

A academia mudou também o prazo para inscrição de filmes, que agora irá do dia 3 de outubro à 15 de novembro em 2022, dependendo da categoria.

 

Foto destaque: Netflix busca manter seus filmes entre os concorrentes ao Oscar (reprodução/Istoé)

Mais Lidas