Money

Neve não é suficiente para congelar mercados futuros nessa última semana

29 Dez 2021 - 23h59 | Atulizado em 29 Dez 2021 - 23h59
Neve não é suficiente para congelar mercados futuros nessa última semana

 

Os investidores não estão congelados por causa da nevasca que trouxe o papai Noel, eles estão se movimentando, planejando e se posicionando durante esses dias festivos para o ano de 2022, de acordo com as expectativas que o mercado apresenta para o próximo ano.

A S&P500 viu seus contratos futuros subirem 0,3% após o índice do mercado amplo apresentar subida de 1,4% no dia 27/12. Dos 11 setores principais do S&P500, operaram na máxima oito deles durante o dia 28/12. O índice lesteve a frente nos ganhos. Na Nasdaq-100 os futuros tiveram alta de 0,5%. Dow Jones Industrial Average e seus futuros subiram 0,2%.


A neve, frio, rabanada e mercados futuros anima a semana do Reveillon. (Foto: Reprodução/Forbes)


A nova cepa do coronavírus está afetando os mercados no planeta por causa das novas condições de restrição impostas para tentar conter o avanço do novo surto de Ômicron. Especialistas dizem que a variante possui menor risco de hospitalização e que a cepa descoberta não será capaz de frear a recuoeração do sistema econômico. Nem por isso o mercado mergulha de cabeça e mantem toda a cautela necessária. 

O tempo de isolamento também mudou, esta mais curto nos EUA, segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos da América, nos casos assintomáticos de covid-19 caiu para cinco dias, a orientação de antes eram dez dias. Essa boa notícia não empolga os economistas que reduziram suas projeções de crescimento da economia durante o primeiro trimestre de 2022.

Existe uma coisa que é uma tradição, nos cinco últimos e nos cinco primeiros dias do ano índices como S%P costumam subir no tranco daquilo que os analistas chamam de “Rali do Papai Noel”. Essa correria acontece porque os investidores fazem suas jogadas e movimentações para o próximo ano baseado nas estimativas apresentadas.

 

https://inmagazine.ig.com.br/post/O-Santander-esta-de-volta-a-Formula-1

https://inmagazine.ig.com.br/post/Ultima-semana-de-dezembro-no-sprint-final-Ibovespa-apresenta-alta

https://inmagazine.ig.com.br/post/6-doutrinas-relevantes-que-2021-ensinou-sobre-o-mercado-de-trabalho


 Na Ásia, os benchmarks subiram. Em Xangai o índice composto subiu 0,4% e o Hang Seg de Hong Kong teve alta de 0,2%. No Japão o Nikkei 225 progrediu para 1,4%, impulsionado pelos ganhos em ações de tecnologia. Na Europa o pan-continental Stoxx Europe 600 chegou à 0,5%.

 

Foto destaque. Reprodução/Plu7.

Mais Lidas