Esportes

Newcastle é comprado por príncipe herdeiro da Arábia Saudita

08 Out 2021 - 17h36 | Atulizado em 08 Out 2021 - 17h36
Newcastle é comprado por príncipe herdeiro da Arábia Saudita

Uma nova potência mundial do futebol está prestes a surgir, já que o clube tradicional inglês, o Newcastle, foi comprado por um valor em torno de 300 milhões de Libras (R$ 2,2 Bilhões de reais) pelo príncipe Mohammad bin Salman, que é o grande herdeiro da Arábia Saudita. A fortuna do príncipe ao ser avaliada sozinha gira em torno de 18 milhões de doláres (cerca de R$ 100 Bilhões), mas ao avaliar sua fortuna familiar, por ser filho do Rei da Arábia Saudita, seus fundos podem chegar até mesmo a 1,4 Trilhões de dólares (R$ 8 Trilhões).

https://inmagazine.com.br/post/11a-rodada-das-Eliminatorias-da-Copa-acontecera-nesta-quinta-feira

https://inmagazine.com.br/post/Eliminatorias-Uruguai-e-Colombia-fazem-confronto-direto-e-Argentina-visita-o-Paraguai

https://inmagazine.com.br/post/Lutadora-de-Jiu-Jitsu-de-apenas-10-anos-busca-apoio-para-disputar-competicoes

A aquisição veio depois de aprovação da Premier League. Um acordo entre os sauditas e a emissora “beIN Sports”, do Catar, permitiu a retomada das negociações para a compra do Newcastle. Em julho do ano passado, a operação foi encerrada depois que a liga e o governo inglês acusaram a Arábia Saudita de pirataria nas transmissões do Campeonato Inglês no país.



Torcedor do Newscatle comemorando com roupas de costume da Arábia customizadas com as cores do clube em frente ao St James' Park
(Foto: Reprodução / Reuters / Lee Smith)


"Todas as aprovações necessárias foram obtidas da Premier League e a aquisição foi concluída em 7 de outubro de 2021. O Grupo de Investimento é formado por investidores pacientes de longo prazo que têm toda a confiança no sucesso futuro do clube. O anúncio de hoje é a conclusão de um processo completo e detalhado que permitiu ao Grupo de Investimento chegar a um acordo que beneficia todas as partes interessadas e deixará o Newcastle United bem posicionado para buscar uma estratégia clara e de longo prazo", diz um trecho da nota oficial do Newcastle sobre a venda.

Anteriormente, O Newcastle pertencia ao empresário britânico Mike Ashley desde 2017. Ashely era muito críticado pelos torcedores, que segundo eles, cada vez mais afundava o clube em crise. O Newcastle atualmente é o vice-lanterna da primeira divisão do campeonato inglês, com nenhuma vitória sequer. E coma venda do clube e a mudança do dono do clube, foi motivo de grande comemoração dos torcedores.



Grande público de torcedores comemorando a mudança de dono do clube para o príncipe 
Mohammad bin Salman, com a sua grande fortuna
(Foto: Reprodução / Reuters / Lee Smith)


O chamado "governador" da PIF, Yasir Al-Rumayyan, falou sobre a compra do príncipe no site oficial dos Magpies: "Estamos extremamente orgulhosos de nos tornarmos os novos proprietários do Newcastle United, um dos clubes mais famosos do futebol inglês. Agradecemos aos torcedores do Newcastle pelo seu apoio tremendamente leal ao longo dos anos e estamos entusiasmados por trabalhar com eles."

E Amanda Staveley, CEO da PCP Capital Partners, uma das empresas parceiras da PIF, disse: "Este é um investimento de longo prazo. Estamos entusiasmados com as perspectivas do Newcastle United. Pretendemos incutir uma filosofia unida em todo o clube, estabelecer um propósito claro e ajudar a fornecer liderança que permitirá que o Newcastle alcance grandes conquistas a longo prazo."



As conversas para aquisição do clube começaram há 18 meses e, na época, despertaram um debate pelo uso do futebol por governos ditatoriais. A ONG Anistia Internacional alertou a Premier League sobre a operação. Seguindo assim o tão debatido, "Sportwashing", que é uma de governos ditadores "apagarem" aquilo de ruim que acontece em seus países.

 Esse tipo de ação está sendo cada vez mais visto nos grandes clubes euroupeus, como no Paris Saint-Germain, que pertence ao Catar, o Manchester City, que tem o seu dono de um grupo de Abu Dhabi, nos Emirados Arábes, são dois grandes exemplos de grandes investidores, que fazem os torcedores felizes com grandes contratações, para que possam esconder seu governo ditador. Mas com o Newcastle isso foi levado a outro nível, pois a fortuna do príncipe Mohammad bin Salman, é devastadoramente maior do que a dos outros investidores.

 O Newcastle, fundado em 1892 e primeiro clube inglês a ter um brasileiro em seu elenco (Mirandinha, ex-Palmeiras, nos anos 80), é o atual penúltimo colocado da Premier League e tem quatro títulos do Campeonato Inglês, o último deles conquistado na temporada 1926/27.

Foto Destaque: Reprodução / Getty Images / Auto Esporte